Índia Portugal Startup Hub

Portugal abre portas a startups indianas através do programa de incentivo à cooperação entre os dois ecossistemas empreendedores.
Foto: Channel I'M / Youtube

Aceleradoras portuguesas vão abrir portas a startups indianas. Numa primeira fase o objetivo do programa Índia Portugal Startup Hub é receber startups indianas que tenham como missão expandir os negócios para o mercado europeu através de Portugal, contando para tal com o apoio de incubadoras nacionais.

Índia Portugal Startup Hub é uma iniciativa conjunta dos governos da Índia e de Portugal para permitir o acesso ao mercado internacional de startups indianas e portuguesas. O programa foi lançado em junho de 2017, durante a visita do Primeiro-ministro indiano, Shri Narendra Modi, a Portugal.

Numa primeira fase, as candidaturas estão abertas a startups indianas com o objetivo de expandir seus negócios no mercado europeu, trabalhando em incubadoras parceiras em Portugal. As startups selecionadas receberão alojamento gratuito em coworking  durante 3 meses e ainda mentoria ea de desenvolvimento,  Assistência Regulatória e acesso à rede de Ecossistemas Empreendedores, além de aprovação rápida de Visto.

Os parceiros portugueses deste programa luso-indiano são a Startup Lisboa, ScaleUp Porto e Startup  Braga que vão dar apoio à internacionalização das startups indianas e facilitar o acesso destas ao ecossistema europeu através de Portugal.

Startups Tecnológicas

As startups indianas com projetos inovadores nas áreas de Fintech, Urbantech, Medtech / Nanotech, vão poder lançar-se no mercado europeu, construindo um produto ou serviço com potencial de negócios a partir de um projeto que já esteja registado ou operacional na Índia.

As FINTECH são startups que desenvolvem tecnologia para o setor financeiro, incluindo educação e educação financeira, banca, investimento e criptografia.

A URBANTECH inclui startups de tecnologia que criam formas inovadoras de produzir, gerir e armazenar energia, construir edifícios, melhorar a mobilidade dentro dos espaços urbanos, reduzir o desperdício, minimizar a geração de produtos insustentáveis, utilizar o setor imobiliário em todo o seu potencial, aumentar o acesso à alimentação e reduzir seu impacto no meio ambiente, aumentar a conectividade para as comunidades e conectar-se a representantes em todos os níveis de governo.

As MEDTECH são startups de tecnologia que desenvolvem soluções para o setor de saúde desde o diagnóstico precoce até opções de tratamento menos invasivas para redução de permanências hospitalares e tempos de reabilitação.

As NANOTECH são startups de nanotecnologia que promovem o desenvolvimento e a aplicação de nanotecnologia e nano soluções em diversos setores industriais.

As candidaturas ao programa Índia Portugal Startup Hub estão abertas até ao dia 25 de Setembro (apenas para empresas indianas, ou com operação na Índia) e as startups serão apresentadas na edição da Web Summit em novembro de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

nineteen − 13 =