Indico assina compromisso de sustentabilidade

Foto de Indico

A Indico Capital Partners, o maior fundo de capital de risco privado e independente português, aderiu aos Princípios de Investimento Responsável (PRI), promovidos pelas Nações Unidas.

O PRI é uma rede global internacional de investidores profissionais e gestores de ativos que colocam em prática princípios de investimento responsável nas suas decisões de investimento. Os princípios visam fornecer uma estrutura para integrar considerações ambientais, sociais e de corporate governance (ESG) nas práticas de tomada de decisão sobre investimentos e na gestão dos mesmos.

Fundos globais como o Indico aderem desta forma a um conjunto de princípios espelhados na declaração de compromisso do PRI – “Como investidores institucionais, temos o dever de agir de acordo com os melhores interesses a longo prazo dos nossos beneficiários. Nessa função fiduciária, acreditamos que as questões ambientais, sociais e de corporate governance (ESG) podem afetar o desempenho das carteiras de investimento (em diferentes vertentes entre empresas, setores, regiões, classes de ativos e ao longo do tempo). Também reconhecemos que a aplicação desses Princípios pode alinhar melhor os investidores com os objetivos mais amplos da sociedade.”

Para Stephan Morais, Managing General Partner da Indico, “Como investidores profissionais, temos a responsabilidade de garantir que estamos cientes de todos os fatores externos e internos que podem impactar as empresas nas quais investimos e nas restantes partes interessadas. Num momento em que as questões ambientais e de governança corporativa estão no topo das preocupações da sociedade, tornar-se signatário do PRI reforça o nosso compromisso em cumprir com essa responsabilidade exigindo e aplicando elevados padrões ambientais e de governança nas nossas empresas. Como investidores de capital de risco, nem sempre fazemos a aposta certa, mas certamente podemos tentar fazer o que julgamos mais correto.”

Lançado pela Indico Capital Partners, o Indico Capital Partners VC I foi o primeiro fundo de Venture Capital nacional, independente e privado, focado em investir nas fases iniciais de startups tecnológicas. A equipa de gestão é composta por Stephan Morais (ex-Administrador Executivo da Caixa Capital), Ricardo Torgal (ex-gestor de investimentos na Caixa Capital) e por Cristina Fonseca (cofundadora e acionista da Talkdesk). Com 51 milhões de euros já comprometidos, o fundo tem como objetivo identificar, investir e capitalizar as startups ibéricas mais promissoras e investe entre 150 mil e 5 milhões de euros por empresa.

O fundo é investido pela InnovFin Equity, com o apoio financeiro da União Europeia ao abrigo dos instrumentos financeiros Horizonte 2020 e do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (EFSI), criado no âmbito do Plano de Investimento para a Europa, cujo objetivo é ajudar a apoiar o financiamento e a execução de investimentos produtivos na União Europeia e garantir um maior acesso ao financiamento. É também cofinanciado pelo Fundo de Capital e Quase Capital (FC&QC) gerido pela IFD – Instituição Financeira de Desenvolvimento, S.A. ao abrigo do instrumento Portugal Tech gerido pelo Fundo Europeu de Investimento (FEI).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × 1 =