Ironhack lança semana de formação sobre cibersegurança

Formação em cibersegurança

De 18 a 22 de janeiro, a Ironhack promove workshops e webinars, abertos a qualquer pessoa, com ou sem formação tecnológica. A Escola de tecnologia quer ajudar a combater a falta de informação e competências numa área em rápido crescimento e com taxas de desemprego de 0%.

Face à necessidade crescente de proteger as empresas de ataques informáticos e à falta de profissionais com competências especializadas nesta área, a Ironhack lança, esta semana a Cybersecurity Week, uma semana de formação gratuita para quem pretende aprender ou aprimorar competências tecnológicas de cibersegurança.

De acordo com Munique Martins, responsável pelo campus da Ironhack de Lisboa, “as empresas estão a investir na proteção dos seus dados e novas competências serão urgentemente necessárias. No entanto, para a maioria das empresas, equipas e indivíduos que desejam ingressar neste setor, este é ainda um tema desconhecido. Sabemos que a segurança é importante, mas sabemos muito pouco sobre ela. Desta forma, a Cybersecurity Week é a oportunidade para decifrar conceitos e começar a entrar numa área tecnológica que tem registado taxas de desemprego de 0% na última década”.

Segundo dados da Eurostat, as empresas da União europeia têm, cada vez mais, dificuldade em preencher vagas na área de tecnologia, sendo que em Portugal 47% das empresas não o conseguem fazer. Foi a pensar neste desafio, que a Ironhack apostou num serviço complementar à formação, apoiando empresas num setor onde há escassez de talento e dificuldade em encontrar o candidato certo.

A iniciativa “Cybersecurity Week” arranca nesta 2ª feira, dia 18, com um primeiro workshop que irá ensinar os básicos da cibersegurança, em que consiste e que competências são exigidas.

A agenda do evento, que será atualizada regularmente aqui, conta já com mais dois workshops confirmados: “Gestão de Risco e Estratégia em Cibersegurança” e “Tornar-se o Hacker do futuro”. Ambos contam com especialistas de topo, incluindo David Garcia, o Diretor Global de Cibersegurança de uma das 20 maiores farmacêuticas do mundo, a Boehringer Ingelheim, e Enrique Aparicio, cientista da computação da Universidade de Pontificia de Salamanca com mais de 13 anos de experiência em segurança cibernética.

Todos os workshops serão dados na língua inglesa e, para participar em cada sessão online basta fazer o registo prévio na página do evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

19 − seventeen =