La Virgule vence programa Triggers da Casa do Impacto

Foto de Casa do impacto

São já conhecidos os vencedores do programa de aceleração Triggers, para projetos ambientais, promovido pela Casa do Impacto. O hub de empreendedorismo da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa atribuiu 34,5 mil euros em prémios às três equipas vencedoras.

La Virgule, foi a grande vencedora do prémio de 15 mil euros, pela solução inovadora que transforma equipamentos desportivos técnicos em mochilas funcionais. Em segundo lugar, com um prémio de 10 mil euros ficou a AniMob com uma plataforma que oferece uma rede de partilha de terreno e gado para prevenir incêndios; o terceiro lugar foi atribuído ao projeto Material Species, um ideia da Studio 8, que transforma resíduos de demolição e construção em materiais de revestimento de qualidade.

Todos os vencedores ganharam ainda um ano de incubação na Casa do Impacto para continuarem a desenvolver e escalar os seus projetos bem como uma bolsa para capacitação no valor de 1.500 euros para cada finalista, e o acesso à fase de seleção da próxima edição do Fundo +PLUS, de financiamento da Casa do Impacto.

“A primeira edição deste programa foi muito positiva, conseguimos envolver a comunidade empreendedora de impacto para um programa que está a dar os primeiros passos, mas que ambiciona ser parte de um movimento que ajuda a atenuar as alterações climáticas e que liga vários intervenientes da sociedade civil” sublinha Inês Sequeira, Diretora da Casa do Impacto. “Estas startups têm as condições singrar e vão continuar a receber o apoio da Casa do Impacto e dos vários parceiros do programa durante o próximo ano” acrescenta.

O Triggers é um programa de aceleração que pretende estimular a geração de novas ideias de impacto ambiental e a sua transformação em soluções tecnicamente viáveis e financeiramente sustentáveis. Depois desta primeira edição, a Casa do Impacto dar continuidade ao programa, abrindo novas candidaturas anualmente, para encontrar soluções inovadoras para a resolução de problemas e necessidades ambientais.

As soluções premiadas

La Virgule tem como missão tornar o mundo do desporto e do ar livre uma realidade circular, transformando em mochilas equipamentos técnicos utilizados em ginásios e outros espaços desportivos, que depois de usados seriam habitualmente incinerados. O prémio vai permitir para aperfeiçoar o modelo de negócio e trazer circularidade ao mundo do desporto. E

Foto de website de La Virgule

A AniMob criou uma plataforma que oferece um serviço de partilha de terreno e gado, para a área agroalimentar e florestal, através de uma gestão única e comum das terras e dos animais, com o objetivo de reduzir os custos de produção, prevenir os incêndios florestais, reter carbono e aumentar a resiliência dos solos.

Foto de website AniMob

A Material Species, um projeto da Studio 8, propõem-se a mudar o paradigma da construção, reutilizando resíduos de demolição e construção, transformando-os em novos materiais de revestimento de qualidade, promovendo uma nova estratégia de arquitetura e construção que reúne empresas de demolição e gestão de resíduos, arquitetos, construtores e produtores de materiais para atingir o mesmo objetivo, a construção circular.

Foto de website Studio 8

As três soluções vencedoras tiveram de passar pela fase de incubação para a concretização das etapas de prototipagem, com o desenvolvimento de um Minimum Value Product, e testar e apresentar os projetos num Demo Day.

Os candidatos ao programa Triggers passaram por uma primeira fase de ideação e matchmaking, para a criação de 25 equipas versáteis, complementares e colaborativas, que foram selecionadas para uma fase de bootcamp.

No final desse período, dez equipas passaram à fase de aceleração, que decorreu ao longo de dois meses com o objetivo de potenciar o modelo de negócio e a sustentabilidade dos projetos, e onde foram selecionados as três soluções finalistas que foram incubadas durante mais dois meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

19 + 14 =