Responsáveis de RH pedem apoio do Governo para melhorar salários aos jovens

Imagem de gpointstudio no Freepik

45% dos responsáveis de recursos humanos inquiridos no Barómetro RH 2023, realizado pelo Kaizen Institute em parceria com a Hays Portugal, defendem a importância do governo e das instituições públicas na promoção de programas de financiamento que permitam oferecer melhores condições salariais aos jovens. Essa é uma das principais conclusões deste estudo, que contou com a participação de cerca de 150 diretores de Recursos Humanos de grandes e médias empresas nacionais.

Apesar da imprevisibilidade do mercado, a motivação dos colaboradores das empresas inquiridas permaneceu estável, com uma pontuação média de 14 pontos numa escala de 0 a 20, semelhante à edição anterior do estudo. Surpreendentemente, mais da metade dos inquiridos (54%) afirma que ainda mantém um modelo de trabalho totalmente presencial em suas empresas, apesar da rápida evolução da tecnologia e das mudanças causadas pela pandemia.

A retenção e a captação de talento continuam a ser as maiores preocupações dos líderes de Recursos Humanos, de acordo com 80% dos inquiridos. A alta taxa de rotatividade afeta negativamente a produtividade das equipes, levando as organizações a adotar medidas como garantir um bom ambiente de trabalho (18%), aumentar os salários (17%) e promover uma cultura empresarial sólida (16%). Todavia, a redução da semana de trabalho não está no horizonte das empresas. 77% dos responsáveis de RH inquiridos afirmam que não irão implementar a semana de trabalho de quatro dias nas suas empresas.

Filipe Fontes, Diretor do Kaizen Institute Western Europe, destaca a importância dos Recursos Humanos na navegação desses desafios e ressalta a necessidade de adaptabilidade e responsabilidade na função para alcançar a excelência organizacional.

“O contexto atual vive dificuldades potenciadas pela gestão de talento, pressões de redução de custos e a necessidade de proporcionar ao cliente interno uma experiência cada vez melhor. Neste contexto, os Recursos Humanos desempenham um papel central ao navegar nesta reviravolta e devem garantir que a função deve progredir para um novo nível de adaptabilidade e responsabilidade”, afirma.

Imagem de wayhomestudio no Freepik

A tecnologia ao serviço dos Recursos Humanos

No contexto das políticas ESG (Environmental, Social and Governance), o Barómetro RH 2023, realizado pelo Kaizen Institute revela que apenas 14% dos inquiridos têm como prioridade o lançamento e consolidação de iniciativas nessa área. No entanto, 48% dos diretores de RH reconhecem a importância de implementar práticas de trabalho justas e responsáveis, incluindo condições de trabalho saudáveis, remuneração justa, direitos dos trabalhadores e equidade de gênero.

No que diz respeito ao recrutamento, a abordagem “skills-first”, que enfatiza as competências e capacidades individuais em detrimento da experiência ou formação acadêmica, está se tornando uma tendência importante. Cerca de 53% dos inquiridos já estão familiarizados com essa abordagem e a consideram no processo de recrutamento.

A digitalização também desempenha um papel fundamental na área de Recursos Humanos, permitindo simplificar processos, melhorar o trabalho das equipes e eliminar barreiras de comunicação. Cerca de 31% dos diretores de RH estão trabalhando na simplificação e automatização de processos de trabalho e tarefas administrativas, enquanto 19% utilizam ferramentas digitais para auxiliar a análise de dados.

O Barómetro RH 2023 revela também a importância de repensar estratégias de atração e retenção de talento, bem como o papel da tecnologia e da digitalização na gestão de Recursos Humanos. A utilização de tecnologia e redes sociais no processo de recrutamento fazem parte das estratégias de recrutamento, com 38% das empresas recorrendo às redes sociais para ampliar o alcance das suas contratações e 30% optando por empresas de recrutamento especializado para agilizar o processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eleven − eleven =