Seedrs consegue 10 milhões de libras em campanha de financiamento

Mais de 2.000 investidores de 35 países, entre os quais Portugal, investiram na maior plataforma europeia de equity crowdfunding

A Seedrs, a maior plataforma europeia de equity crowdfunding alcançou 10 milhões de libras na sua campanha de financiamento. Deste montante, 4 milhões foram investidos pela Woodford Investment Management e os remanescentes 6 milhões angariados junto de mais de 2.000 acionistas e de novos investidores através de uma campanha na sua própria plataforma.

Em menos de cinco dias a campanha de crowdfunding da Seedrs já tinha superado o objetivo inicial de 6 milhões de libras, arrecadando mais de 7 milhões investidos. Mais de 2.000 investidores espalhados por 35 países participaram na ronda de financiamento, sendo que o investimento individual médio ascendeu a 3.200 libras e o mais elevado atingiu as 800.000 libras.

Reino Unido, Alemanha, Portugal, França e Itália foram os países com o maior número de investidores que participaram nesta campanha.

O capital levantado nesta ronda de financiamento vai ser utilizado pela Seedrs para lançar novas funcionalidades que permitam aumentar a liquidez e o retorno potencial, tanto para os investidores como para as empresas; aumentar o volume de vendas e de marketing; lançar um conjunto de novas parcerias estratégicas; e aumentar a escala da execução de campanhas através da automação, aprendizagem computacional e inteligência artificial.

Para Jeff Kelisky, CEO da Seedrs, “estamos muito contentes por termos levantado mais de 6 milhões de libras esterlinas de cerca de 2.000 investidores. Era extremamente importante para nós conseguirmos alargar a nossa base investidora e esta campanha demonstra ainda mais a convicção do mercado de que a Seedrs está no caminho certo para criar valor e criar oportunidades quer aos investidores quer às empresas”.

A Seedrs é uma das principais plataformas de equity crowdfunding em todo o mundo e foi a primeira plataforma a nível mundial a ter a sua atividade autorizada e regulada, especificamente pela Financial Conduct Authority no Reino Unido, com autorização da entidade supervisora britânica para operar em qualquer país da União Europeia. Atualmente tem escritórios em Lisboa, Londres, Nova Iorque, Amesterdão e em Berlim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

19 − two =