Semifinal do Hult Prize com Prémio de 1 Milhão de Dólares para Estudantes Nacionais

Na foto Equipa vencedora na edição de 2023 do Hult Prize

O Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) será novamente o palco da semifinal portuguesa da Hult Prize, uma competição global de empreendedorismo social. Este ano marca a primeira participação de equipas de estudantes nacionais, com a possibilidade de conquistar um prémio significativo de 1 milhão de dólares para apoiar a transformação de ideias em projetos bem-sucedidos e sustentáveis.

Com o tema “UNLIMITED”, a edição de 2024 do Hult Prize atrai a participação de mais de 100.000 estudantes universitários em todo o mundo, promovendo uma competição global de empreendedorismo social que reconhece anualmente projetos com impacto na sociedade. Até o momento, quase 30 instituições de ensino superior juntaram-se para angariar equipas de estudantes portugueses para competir.

A Hult Prize, uma fundação internacional, desafia estudantes empreendedores a resolverem os maiores desafios globais através do empreendedorismo social e do impacto global positivo. Desde sua criação, a competição influenciou mais de um milhão de estudantes universitários em mais de 100 países.

O ISEG, que sediou a Hult Prize pela primeira vez em Portugal em 2023, desempenha agora um papel crucial no recrutamento de talentos nacionais. A Equipa Nacional da Hult Prize, composta em grande parte por estudantes do ISEG, é responsável pela angariação de faculdades parceiras e equipas portuguesas para a competição.

João Duque, Presidente do ISEG, expressa entusiasmo com a segunda realização consecutiva da semifinal no campus, sublinhando o empenho da instituição na formação da nova geração de líderes empreendedores.

Lori van Dam, CEO da Hult Prize Foundation, reconhece a harmonia perfeita entre os princípios do prémio e a visão do ISEG, elogiando o envolvimento profundo da instituição em questões de impacto social.

Durante a competição, as equipas devem desenvolver startups baseadas em ideias alinhadas com um ou mais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Cerca de 20 equipas semifinalistas avançarão para a Hult Prize Global Accelerator, onde especialistas as ajudarão a transformar ideias em modelos de negócios prontos para investimento. A final global, em Londres, oferece aos finalistas a oportunidade de apresentar projetos a um painel de jurados, competindo pelo prémio de 1 milhão de dólares para impulsionar a implementação dos projetos bem-sucedidos e sustentáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × two =