Setor Púbico Ultrapassa os 740 Mil Profissionais

Foto de Freepik

A Randstad Research divulgou recentemente os 50 principais destaques do último trimestre de 2023 em Portugal, analisando estatísticas relacionadas ao mercado de trabalho e fatores macroeconômicos. Segundo o estudo, o número de pessoas empregadas diminuiu em 35,0 mil no quarto trimestre de 2023, totalizando 4,98 milhões de profissionais, marcando um declínio em relação ao recorde anterior de mais de 5 milhões de empregados.

Contudo, contrariando essa tendência, o emprego no setor público registou um aumento de 3.239 pessoas (+0,4%) ao longo de um ano, alcançando 745.406 profissionais no quarto trimestre de 2023. No mesmo período, houve um aumento de 7.204 pessoas (+1,0%), com 37,2% desses profissionais trabalhando na área da saúde e educação.

Outro dado relevante diz respeito ao teletrabalho, que aumentou em 51,5 mil pessoas no último trimestre de 2023, totalizando 928,8 mil pessoas trabalhando remotamente, o que corresponde a 18,6% do total de trabalhadores em Portugal. A maioria desses profissionais está concentrada na Grande Lisboa (31,8%) e é mais comum entre trabalhadores com alta qualificação e idades entre 25 e 44 anos.

Em relação ao desemprego, o número de desempregados aumentou em 28.500 pessoas no último trimestre de 2023, totalizando 354,6 mil desempregados, dos quais 39,7% (140,7 mil) estão procurando emprego há mais de um ano, representando uma redução de 6,5 p.p. em relação ao ano anterior.

Comparativamente à União Europeia, destaca-se que 34,1% de todas as pessoas empregadas em Portugal possuem baixa qualificação, o dobro da média da UE. Por outro lado, a taxa de emprego em Portugal na faixa etária dos 16 aos 64 anos (73,0%) supera a média europeia em 2,3 pontos percentuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × two =