Smartex levanta 24,7 milhões em investimento na indústria da moda

Na foto: Fundadores da Smartex

A Lightspeed Venture Partners e o Build Collective de Tony Fadell lideraram a ronda que excedeu a oferta de ações desta startup de deep-tech que garante a sustentabilidade e a rentabilidade de fábricas têxteis em todo o mundo.

A Smartex desenvolve hardware e software que utilizam machine learning para detetar defeitos têxteis em tempo real. Este processo de identificação automatizado reduz o desperdício têxtil, emissões de CO2, energia, água, tempo de produção e custo de capital, desligando automaticamente as máquinas de produção para evitar o desperdício de materiais.

Os defeitos na indústria têxtil tendem a ser agravados, quando a malha percorre a cadeia de valor com defeitos que não foram detetados. Esta falha leva ao descarte ou queima de rolos têxteis inteiros que causam um enorme impacto ambiental e financeiro numa das maiores indústrias do mundo.

A indústria têxtil e da moda é a 3ª indústria mais poluente do mundo que continua anualmente a produzir uma quantidade monstruosa de resíduos têxteis, sem sinais de desaceleração. Estima-se que 150 mil milhões de peças de vestuário são produzidas anualmente nesta indústria de 3 triliões de dólares. Atualmente, esta indústria corresponde a 20% do desperdício global de água e 10% das emissões globais de carbono.

A indústria têxtil opera com margens pequenas e tem uma taxa de defeitos consideravelmente alta. Atualmente, depende da visão humana e da inspeção manual para detetar os defeitos têxteis. A Smartex garante aos fabricantes têxteis o controlo da linha de produção por meio de deteção de defeitos têxteis em tempo real, análise de dados e alertas.

“Os nossos clientes estão tão interessados quanto nós com os produtos que estamos a construir”, diz António Rocha, Cofundador, CTO e vencedor do Web Summit 2021 PITCH Competition.“ Para criar soluções para melhor os atender, estamos sempre a ouvir e abertos ao seu feedback. Juntos, estamos a trabalhar numa nova era de produção de alta qualidade e sem desperdício, que levará a uma maior transparência e rastreabilidade em toda a cadeia de valor têxtil, do fio ao retalho.”

Os clientes incluem líderes na produção de tecidos de malha, como Tintex Textiles, Familitex, Toraman Tekstil, Ekoten, entre muitos outros. Durante um caso de estudo em vídeo, Mário Jorge Silva, Fundador da Tintex Textiles & HATA, afirma que “a Smartex – com a sua inteligência artificial e processos de rastreabilidade – é uma solução economicamente viável porque não só poupa tempo como antecipa e ajuda na eliminação de problemas que podem surgir mais tarde.”

Outros investidores notáveis nesta ronda da Série A de US$ 24,7 milhões incluem H&M Group, DCVC, SOSV’s HAX, Spider Capital, Momenta Ventures, Bombyx Capital Partners, Faber e Fashion for Good com os quais a Smartex iniciou vários projetos com seus parceiros, como o Grupo Kering (Gucci, Balenciaga, etc), PVH (Tommy Hilfiger, Calvin Klein, etc), Pangaia e outros. Antes a sua ronda seed de $2.9M em 2019 foi co-liderada por DCVC e Spider Capital.

Na foto: Equipa Smartex

Estes fundos da Série A permitirão à Smartex expandir o negócio de forma estratégica para novas geografias, continuar a aumentar a equipa e desenvolver linhas de produtos. Estes produtos vão ajudar fabricantes e marcas de moda a melhorar o controlo de sua produção, aumentar a qualidade e a rastreabilidade dos rolos têxteis.

À medida que o movimento global de sustentabilidade continua a ganhar força, consumidores e reguladores estão a pressionar cada vez mais a indústria da moda e têxtil a adotar uma produção mais limpa e responsável. A Comissão Europeia reconheceu a Smartex como fundamental para projetos da Indústria 4.0 em fábricas têxteis.

“Somos privilegiados por estar numa posição única para agregar valor intrínseco a uma indústria gigante que é fundamental e toca tantas vidas, alimentando a nossa missão de sustentabilidade e produtividade das fábricas têxteis em todo o mundo” diz Gilberto Loureiro, cofundador e CEO da Smartex. “Com a nossa tecnologia e talento, seremos capazes de abrir um novo capítulo na indústria da moda e, em última análise, reduzir desperdícios e custos. Todos os esforços são necessários para gerar um impacto positivo à medida que nos esforçamos para resolver este desafio global e contribuir para um mundo mais sustentável.”

A Smartex está atualmente presente em vários mercados na Europa, Ásia Central, América do Sul e África, e tem planos de expandir ainda mais para a Ásia em 2023. Com um forte crescimento em receitas, clientes, e número de colaboradores, a empresa continua a contratar talentos de diversos países para participar na missão de capacitar fábricas em todo o mundo a produzir com menos desperdício.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twelve − six =