Spotahome ultrapassa 22 mil reservas em quatro anos de atividade em Portugal

Pedro Franco Caiado, Country Manager da Spotahome Portugal
Na foto: Pedro Franco Caiado, Country Manager da Spotahome Portugal

A plataforma que alia a tecnologia ao imobiliário celebra quatro anos em Portugal, atuando na mediação de arrendamento de alojamento de temporada. Desde 2019, a Spotahome soma mais de 22 mil reservas – mais 10 mil comparativamente ao último trimestre de 2022.

Para este ano, a empresa espera aumentar em 50% o negócio dos arrendamentos no conjunto dos mercados onde opera, designadamente, em 100 cidades europeias e no Dubai. Em Portugal, além de Lisboa e Porto, a Spotahome estendeu agora a sua atividade também a Coimbra.

A plataforma, que nasceu pelas mãos de quatro fundadores de nacionalidades diferentes com a missão de ajudar a colmatar os problemas que sentiram quando procuravam casa, tem sido a eleição de milhares de estrangeiros que escolhem Portugal para passar uma temporada. Cidadãos provenientes de Espanha, Itália, Alemanha, Holanda, Brasil e ainda EUA, na sua maioria estudantes e com idades compreendidas entre os 19 e os 25 anos, são os arrendatários mais comuns no mercado nacional.

Segundo Pedro Franco Caiado, Country Manager da Spotahome Portugal e UKI, “Há quatro anos que chegámos com a missão de ajudar a tornar o setor imobiliário mais simples, transparente e seguro e não podíamos estar mais orgulhosos desta caminhada. Sabemos que este é um setor que tem vivido de alguns desafios, mas é bom ver como a Spotahome pode ajudar a superá-los e a ser uma opção de confiança para todos os que querem dar o próximo passo na hora de arrendar uma casa. Queremos ser o aliado que essas pessoas precisam e iremos continuar a trabalhar todos os dias para o garantir”.

Em Portugal, a Spotahome tem, atualmente, perto de seis mil imóveis disponíveis, distribuídos por Lisboa, Porto e Coimbra, onde iniciou recentemente atividade. A cidade dos estudantes é a mais recente aposta da plataforma para digitalizar o processo imobiliário e torná-lo mais ágil e transparente para todos os que procuram um apartamento, uma residência de estudantes ou simplesmente um quarto.

“Depois de Lisboa e Porto, queríamos continuar a nossa expansão pelos grandes centros urbanos e consolidar a nossa operação. Coimbra surge então como a primeira opção para continuar este processo de expansão, na medida em que é uma cidade com muita vida, muito movimento e cada vez mais visitada por quem viaja para Portugal. Olhamos para esta nova localização com muito potencial e estamos expectantes por poder ser o braço direito de quem lá procura um novo lar”, conclui Pedro Franco Caiado.

A Spotahome é uma das startups que cresce mais rápido na Europa e quer ter um papel ativo no desenvolvimento tecnológico do setor imobiliário. Em 2021 a empresa fechou uma ronda de investimento de 25 milhões de euros que permitirá que a empresa consolide o seu crescimento e plano de expansão nos países onde está presente, incluindo Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

1 + three =