Talent Spy: O Empreendedorismo no Futebol

O projeto Talent Spy é uma ‘Plataforma do Futebol’, que ajuda os clubes a encontrar jogadores para as suas equipas. O conceito da startup portuguesa tem características que o tornam numa solução pioneira do mercado, no que diz respeito à observação e prospeção de novos talentos.

Para divulgar a plataforma, o Talent Spy promove uma conferência com especialistas na área do futebol. ‘Do observar ao jogar’ reúne vários especialistas da área como: Joel Rocha, Treinador de Futsal do Sport Lisboa e Benfica, Rui Delgado, Comentador da Sport TV, Raul Carvalho das Neves, COO do Grupo Impresa, Pedro Catita, Sports Data Analyst, e Mara Vieira, selecionadora de Futebol Feminino da AF Porto. O evento decorre no dia 10 de Abril, no Hotel Aldeia dos Capuchos Golf & Spa na Caparica. As inscrições para o evento são limitadas.

Pioneiro a nível internacional, o Talent Spy facilita o acesso à informação futebolística, juntando numa só plataforma dados estatísticos e informação qualitativa sobre os jogadores, produzida em exclusivo por especialistas e que visa dar resposta a necessidades específicas de clubes de todo o mundo.

A plataforma contém atualmente dados de 130 mil jogadores de seis mil equipas, ligados a mais de 250 competições de 50 países. O objetivo dos criadores do Talent Spy é ‘ajudar a encontrar o próximo Cristiano Ronaldo’, para isso conta com uma equipa de 11 pessoas, diretamente ligadas à operacionalização da plataforma, e mais de 25 scouts em permanente observação de jogadores e equipas nos mais variados jogos e competições de futebol.

Através do Talent Spy, os treinadores, olheiros ou agentes do futebol, entre outros, conseguem saber toda a informação sobre os mais variados jogadores (desde os iniciados aos seniores) a jogar em qualquer equipa do mundo. Dados relevantes sobre o seu perfil, historial clínico ou condição psicossociológica ficam acessíveis aos utilizadores da plataforma, que indica ainda a situação contratual ou a performance em determinado jogo ou treino. O registo de lesões e tempos de paragem ou até mesmo o seu valor de mercado também são referidos na plataforma.

Centrado nos jogadores, o Talent Spy permite ainda a criação e gestão de vários perfis, agendamento de jogos, análise sistemática da equipa e de todos os dados relacionados com os profissionais. ‘Os clubes conseguem, com os dados recolhidos, realizar prospeção à medida das suas necessidades e adaptar a formação em função das lacunas do plantel, tornando-se mais eficientes e financeiramente mais disciplinados’, esclarecem os promotores do projeto, em comunicado enviado à nossa redação.

O projeto Talent Spy integra a F3M Information Systems, uma das maiores empresas portuguesas especializadas em Tecnologias da Informação e Comunicação e atualmente está a solidificar a sua internacionalização, apostando em mercados como a China, Reino Unido e Coreia do Sul. O Talent Spy admite ainda desenvolver no futuro a sua própria rede social, ao estilo de um ‘Facebook do Futebol’, onde disponibilizará um Marketplace interno, facilitando a comunicação direta com os agentes dos jogadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × 1 =