Tecnologia melhora o desempenho escolar a Matemática

Foto de Dhru J no Unsplash

A primeira edição do Laboratório de Matemática mostra uma relação positiva entre o uso da tecnologia como método educativo e a melhoria no desempenho na disciplina de Matemática. A iniciativa promovida pela Samsung Portugal, revelou melhoria de 27% na média dos resultados nos testes realizados pelos alunos que participarem nesta experiência educativa.

Já são conhecidos os resultados da primeira edição do Laboratório de Matemática, uma iniciativa da Samsung Portugal, em parceria com a Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN), a Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) e a MathemaTIC. As conclusões apuradas mostram o contributo positivo que a tecnologia pode ter no desempenho escolar, em particular nas tarefas a realizar pelos alunos na disciplina de Matemática.

A primeira edição do Laboratório de Matemática, que teve início em abril, contou com a participação de 35 alunos do 7º ano de escolaridade que, durante oito semanas, integraram uma turma virtual na MathemaTIC, plataforma de aprendizagem personalizada e interativa, cujo acesso foi feito através de tablets Samsung, cedidos para este efeito. Ao longo deste período, os alunos foram acompanhados por um tutor que assegurou a orientação na resolução dos exercícios propostos, mediante um programa definido e alinhado com os conteúdos lecionados em aula.

No final, os alunos foram submetidos a uma avaliação de forma a apurar o impacto da tecnologia no processo educativo, bem como no seu aproveitamento na disciplina de Matemática. Os resultados obtidos com o grupo de teste foram comparados com um grupo de controlo independente daquela turma, de modo a identificar as principais diferenças no processo de aprendizagem.

O Grupo de Experiência contou com um conjunto de 35 alunos que realizaram duas avaliações: um teste diagnóstico, no início da experiência, e um teste final, realizado no fim do período de aprendizagem. Em paralelo, foram tidos em conta os resultados obtidos nas mesmas provas por um Grupo de Controlo, composto por 66 alunos que, por sua vez, não teve acesso aos tablets nem à plataforma MathemaTIC no processo de aprendizagem.

Foto de Giovanni Gagliardi no Unsplash

Tendo em conta os resultados, apurados após as oito semanas de avaliação do Laboratório de Matemática, observou-se que 71% dos alunos que integraram a turma da experiência melhorou o seu desempenho, quando comparados os resultados do teste diagnóstico com os do teste final. No grupo de controlo, apenas 53% cumpriu aquele critério.

Em termos globais, os alunos que tiveram o apoio de uma ferramenta digital melhoraram o seu desempenho na disciplina levando a uma melhoria na nota final. Em suma, no Grupo de Experiência registou-se uma subida dos resultados médios de 12%, por oposição ao Grupo de Controlo, onde se observou uma descida de 4%.”

Após a experiência no Laboratório de Matemática, os alunos do Grupo de Experiência, assim como os pais, responderam a um questionário, de forma a apurar a sua satisfação relativamente à utilização desta plataforma na aprendizagem e na formação.

A maioria destes alunos considera que foi fácil utilizar e navegar na plataforma, considerando-a útil para melhorar o seu desempenho na disciplina de Matemática. A opinião é também unânime quanto ao contributo desta para consolidar o conhecimento. 

“É com muito entusiasmo que olhamos para os resultados deste Laboratório de Matemática, que evidencia a importância do papel da tecnologia na aprendizagem. Do lado da Samsung, motiva-nos a entrega de ‘Tecnologia com Propósito’, contribuindo para o apoio e reforço das competências digitais no setor da Educação e responder às necessidades do ensino no país”, afirma Cláudia Rodrigues, Head of Marketing & Communications da Samsung Portugal. “As conclusões retiradas desta experiência são mais uma prova de que a tecnologia é, por si só, uma ferramenta que contribui para levar os nossos consumidores a ir mais além, sejam eles alunos, pais ou professores. A tecnologia, aplicada ao meio educativo, pode potenciar o sistema educativo e estar ao serviço de todos para resultados que beneficiam toda a comunidade”.

Foto de Antoine Dautry no Unsplash

Também do lado da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas se olha com grande satisfação para os resultados obtidos. De acordo com a Secretária-geral da Associação, Ana Cid, “a utilização de ferramentas digitais na aprendizagem é, de facto, cada vez mais pertinente como método de ensino que, como vemos, contribui para conduzir os alunos ao sucesso escolar. Desde o entusiasmo e recetividade inicial por parte das famílias quanto à participação no Laboratório de Matemática até aos resultados obtidos, percebemos que esta iniciativa é mais um passo dado no sentido de consolidar um sistema de ensino mais tecnológico, em casa e nas salas de aula”.

De acordo com João Araújo, Presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, “O ensino assistido por tecnologia e ferramentas digitais seguramente vai ter imenso impacto futuro próximo por permitir a gamificação do ensino, por automatizar os testes diagnóstico no final de cada módulo e guiar intervenções personalizadas, por permitir a recuperação autónoma de bases perdidas, por mergulhar a aprendizagem num contexto habitualmente associado à diversão, etc.”. Além disso, João Araújo refere que “um dos objetivos da SPM é promover intervenções pedagógicas que permitam aprender mais, melhor e mais facilmente e por isso tivesmos todo o interesse em participar neste projeto”.

Por fim, também Hélder Sousa, responsável da MathemaTIC, evidencia os bons resultados obtidos após esta experiência, de oito semanas, através do acesso a esta plataforma e da utilização dos tablets Samsung: “Mais uma vez conseguimos mostrar a importância que a tecnologia tem na aprendizagem e no reforço dos conhecimentos de Matemática, quer para os alunos que têm mais dificuldade a esta disciplina, ou para aqueles que ainda querem chegar mais longe e melhorar as suas classificações. A tecnologia tem contribuído para transformar o ensino em Portugal e, após a primeira edição do Laboratório de Matemática, temos a prova de que essa transformação é claramente positiva e que, através de um método de ensino com forte suporte tecnológico, os professores, os alunos, as famílias e as comunidades educativas, em geral, têm tudo a ganhar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four × 5 =