Usar a Inteligência Artificial para apoiar as marcas na Black Friday

Foto de Ashkan Forouzani no Unsplash

Com a aproximação da Black Friday, na última sexta-feira do mês de novembro, chega uma das épocas mais antecipadas para consumidores e empresas. Com este volume de tráfego de consumo em e-commerce, vemos também a implementação de mais soluções baseadas em inteligência artificial (IA), que estão a alterar o paradigma desta época. Neste sentido, a Visor.ai, startup portuguesa de soluções de conversação inteligente, dá 5 recomendações de como usar a IA na Black Friday para promover uma melhor experiência de compra ao consumidor:

Personalizar targets

As plataformas de recomendação de produtos e serviços estão cada vez mais sofisticadas. O que originalmente sugeria produtos baseados em compras anteriores na loja, agora é possível prever comportamentos de consumo baseado na idade, localização, preferências e escolhas de vida do consumidor. Esta automatização é uma consequência da implementação de IA em plataformas de compras online e fornece uma experiência personalizada ao cliente final;

Foto de CardMapr no Unsplash

Prever a procura

A incorporação de IA no e-commerce traz um grande benefício para os lojistas: a capacidade de prever a procura consoante a época. Neste caso, a Black Friday representa um grande aumento de procura, afirmação justificada, não pelo pensamento humano, mas sim por milhões de dados de consumo inseridos numa solução de IA;

Comunicar campanhas

As marcas podem fornecer um desconto ou promoção nesta época, mas se este não for comunicado então nenhum potencial cliente vai saber da sua existência. Por isso, podem criar-se campanhas de comunicação online que têm a capacidade de chegar a mais clientes, especialmente quando utilizamos as ferramentas de segmentação de público fornecidas por ferramentas de IA. Estas permitem rentabilizar o investimento ao apenas impactar o público-alvo selecionado;

Recolher feedback

A recolha de feedback é fundamental para a análise da satisfação dos clientes, ou possíveis clientes, perante a marca. Plataformas de IA podem realizar esta recolha de feedback e análise consoante a informação retirada de fontes online tais como: as redes sociais, os fóruns de discussão ou até blogs. Isto permite melhorar o serviço prestado, inclusive no pós-venda;

Automatizar o atendimento

Um dos melhores usos de IA na Black Friday é na vertente do atendimento ao cliente. Hoje em dia, é comum que as lojas online tenham embutido no seu website um agente de conversação inteligente que consegue responder a dúvidas e resolver problemas de forma automática, sem a intervenção de um ser humano. Esta é uma boa solução para rentabilizar investimentos em recursos humanos e ainda valorizar o trabalho destes profissionais ao apenas intervirem em situações complexas.

Estes são apenas alguns dos usos que se pode dar à inteligência artificial, para desenvolver uma estratégia de marketing para a Black Friday, através de plataformas de conversação inteligente, uma área que é o core business da Visor.ai, que através deste artigo pretende alertar os leitores do Empreendedor para o potencial destas soluções em vários setores, especialmente em Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

sixteen + 4 =