Web Summit – Arranca hoje “a melhor conferência de tecnologia do planeta”

Foto: Web Summit

Mais de 40 mil pessoas são esperadas em Lisboa para assistir à maior conferência de tecnologia e o primeiro grande evento do género, de caracter presencial desde o início da pandemia.

O evento reúne fundadores, investidores e jornalistas de todo o mundo. Estrelas como Amy Poehler e Thierry Henry, gigantes da tecnologia como Craig Federighi da Apple e Werner Vogels, CTO da Amazon, e os gigantes da próxima geração como Nicolas Julia de Sorare vão revelar as suas fórmulas de sucesso e analisar as tendências do digital para os próximos anos.

“Nós desafiamos todas as probabilidades. O retorno tem sido muito mais rápido do que esperávamos. Nós não pensámos que íamos até mesmo chegar a 10.000 participantes. Todos estivemos confinados por dois anos. Poucos de nós conseguiram conectar-se, pelo que o entusiasmo dos participantes, este ano, é palpável”, diz Paddy Cosgrave, cofundador e CEO da Web Summit.

Apesar de Portugal ser o país mais vacinado do mundo, os organizadores da Web Summit irão exigir todas as medidas de segurança relacionadas com a Covid, designadamente os certificados oficiais de vacina ou um teste PCR negativo, válido por 72 horas, ou teste rápido negativo para antígeno, que permanecerá válido por 48 horas.

A sessão de abertura, no dia 1 de novembro, terá o cofundador do Black Lives Matter Ayọ (fka Opal) Tometi, a denunciante do Facebook Frances Haugen e o CEO da Sorare, Nicolas Julia, no palco principal na Altice Arena.

No total mais de 1.000 palestrantes, 1.500 jornalistas e 700 investidores vão participar do evento, ao lado de 1.250 startups e parceiros, incluindo marcas globais como Google, AWS, Siemens, H&M, Cisco e eToro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × three =