Web Summit com Certificado de Vacinação obrigatório

Imagem de Tumisu por Pixabay

Web Summit vai exigir certificado de vacina ou teste negativo aos participantes na conferência de tecnologia de Lisboa. O evento que é considerado “a melhor conferência de tecnologia do planeta”, terá a sua primeira edição presencial, desde o início da pandemia, em novembro de 2021.

Depois de uma edição digital, em 2020, a Web Summit regressa aos palcos da Altice Arena, em Lisboa, para o seu primeiro evento presencial desde o início da pandemia da Covid-19.

A conferência decorre de 1 a 4 de novembro de 2021 e, embora seja improvável que, em novembro, o uso obrigatório de máscaras de proteção ainda seja legalmente exigido em Portugal, os organizadores apoiam os participantes que pretendam utilizar essa medida de proteção durante o evento.

Já o certificado de vacinação ou um teste PCR negativo serão obrigatórios para a participação no evento. A medida decorre da obrigação legal em Portugal mas faz parte também das medidas de segurança e saúde exigidas pelos organizadores do evento para proteção dos participantes.

“A saúde e a segurança dos participantes são nossa prioridade número um”, disse Paddy Cosgrave, cofundador e CEO da Web Summit. As equipas de produção do evento têm-se reunindo regularmente com a Direção Geral de Saúde, de Portugal, para organizar o Web Summit em estrita adesão às diretrizes de saúde em vigor, “A melhor e mais responsável forma de dar garantias aos participantes é exigir certificados de vacinas ou, alternativamente, testes de PCR negativos”, acrescentou o responsável do evento.

Quando os certificados oficiais de vacinação não puderem ser fornecidos, os organizadores exigirão um teste PCR negativo, com a validade de apenas 72 horas. As medidas de segurança obedecem às normas definidas pela autoridade de saúde portuguesa e poderão ser alteradas até novembro. Nesse caso, a organização da Web Summit promete “alertar em tempo útil” eventuais alterações que venham a ocorrer relativamente ao uso de máscara ou vacinas.

A edição de 2022 da Web Summit deverá receber em Lisboa os principais fundadores de empresas globais, investidores e estrelas da tecnologia e da ciência, incluindo o CTO da Amazon Werner Vogels, a comissária europeia Margrethe Vestager, o presidente da Microsoft Brad Smith e a comediante de Hollywood Amy Poehler, ao lado de mais de 1.000 palestrantes, 1.500 jornalistas e mais de 700 investidores.

O evento conta ainda com mais de 1.450 startups e parceiros numa feira de exposições empresariais que contará ainda com a presença de marcas globais como Siemens, H&M, Cisco, eToro e KPMG.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × four =