Alexandre Duarte: “Meta para 2023: Trabalhar menos e faturar mais”

Na Foto: Alexandre Duarte, CFO da agência Sr. Jorge

E se a meta da empresa for trabalhar menos um dia, por semana, ganhando o mesmo salário? 

Quais são as metas da sua empresa para 2023? No início do ano, muitas empresas começam a divulgar as suas metas, fazer o planeamento anual e apresentar para toda a equipa os desafios que terão pela frente. E se um dos desafios propostos for trabalhar somente 4 dias por semana?

Parecendo um desafio fácil e atraente aos olhos dos colaboradores, as empresas que tentam adotar esta política podem ter surpresas ao longo do caminho.

Este é o caso da Sr. Jorge Digital & Creative. A agência de comunicação nasceu em 2019 e, antes mesmo da pandemia já funcionava nos moldes “Remote First”, modelo em que as empresas dão preferência para o trabalho remoto, mesmo havendo um escritório físico. Apesar da Sr. Jorge escritórios em Lisboa e São Paulo, os colaboradores sempre tiveram a opção de trabalhar de onde se sentissem à vontade, dentro ou fora do escritório.

Foi em 2021 quando a agência anunciou para os clientes e colaboradores que começariam a funcionar de segunda à quinta-feira. Segundo Alexandre Duarte, CFO da agência, eles receberam todos os tipos de feedback. “Alguns clientes brincaram comigo dizendo que queriam trabalhar aqui. Alguns colaboradores gostaram da ideia levando isso para o dia-a-dia, e os outros estão a quebrar paradigmas e a organizar-se para terem as sextas livres também”.

Esta é uma tendência que já chegou a muitas empresas em vários países da Europa, Brasil e EUA. Segundo a pesquisa realizada no Reino Unido pela instituição sem fins lucrativos, The 4-Day Week Global, entre junho e dezembro de 2022, das 73 empresas que participaram na pesquisa (3.300 pessoas), 41 delas responderam ao estudo preliminar sobre o nível de produtividade dos seus profissionais. 95% das companhias afirmaram que o nível foi mantido ou melhorado. Sendo que 46% disseram que a produtividade de seus negócios “manteve-se no mesmo nível”; 34% relatam que “melhorou um pouco” e 15% afirmaram que “melhorou significativamente”.

O conceito por trás deste novo modelo é o de reduzir a carga horária sem que haja alteração no ordenado. Desta forma, é possível obter muitos benefícios como: maior equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, flexibilidade de horário e maior gestão do próprio tempo, aumento da produtividade, entre outros.

Segundo Alexandre Duarte, para chegar a estes resultados, a empresa precisa ter processos internos eficientes que facilitem o trabalho e a comunicação dentro da empresa e um grande investimento em tecnologia, como ferramentas de gestão que auxiliam na otimização das tarefas. “Atualmente, cerca de 10% da faturação da Sr. Jorge é investido em plataformas de gestão, tanto interna quanto externa (clientes), com o objetivo de facilitar o dia-a-dia, concentrar a informação e com isso tomar decisões com base nos dados que estas ferramentas nos trazem”.

Também a escolha de um perfil que esteja alinhado com a cultura da empresa é fundamental, tanto para o sucesso do colaborador dentro da corporação, quanto para a empresa diminuir o turnover. 

“Queremos encontrar pessoas que trabalhem e que queiram ter equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Que tenham a responsabilidade de trabalhar remotamente e que saibam gerir o seu tempo. Nós acreditamos neste modelo e acreditamos que com mais qualidade de vida as pessoas conseguem desempenhar muito melhor os seus papéis, trazendo ainda mais resultados para nós”, afirma Alexandre.

Fundada pelo casal Alexandre Duarte e Letícia Suher, atuais CFO e CEO, a Sr. Jorge conta atualmente com cerca de 30 colaboradores em Portugal e Brasil. Desde a sua fundação, em 2019, a empresa já gerou mais de 20 milhões de euros em negócios para os seus clientes. Para este ano, o objetivo é obter um crescimento de 300% em comparação com o ano anterior – no modelo Remote First e trabalhando 4 dias por semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four × four =