Ana Lourenço e Débora Silva: “Sim, é possível criar um negócio do zero!”

Ana Lourenço e Débora Silva, Fundadoras do Prémio Cinco Estrelas

Ana Lourenço e Débora Silva, Fundadoras do Prémio Cinco Estrelas, apresentam algumas dicas essenciais para quem pretende criar um projeto a partir do zero.

Criar algo de raiz é sempre desafiante e uma verdadeira aventura. É um mundo completamente desconhecido, e a verdade é que, a maioria das pessoas tem medo daquilo que está para além do que veem. Ter medo é normal. É o que faz de nós seres humanos, responsáveis, que ponderam os prós e os contras antes de tomarem decisões estruturais.  

O receio é exatamente o que nos faz pensar estrategicamente evitando que se deem passos maiores que as pernas, e deve acompanhar-nos ao longo de todo o processo. Mas o receio não nos pode impedir de fazermos o que acreditamos ser o correto, de andar em direção ao sucesso e de concretizarmos os nossos sonhos. No nosso caso foi fundamental arriscar, é claro que de forma controlada. É preciso errar, mesmo que tudo esteja muito planeado existem sempre fatores que não controlamos. Temos de assumir uma posição resiliente, e esse é o maior conselho que podemos transmitir aos futuros empreendedores. Diríamos que a palavra-chave foi sem dúvida, acreditar. O facto de gostarmos muito daquilo que fazemos, foi essencial para podermos encarar os problemas como verdadeiras oportunidades, os obstáculos como desafios e as vitórias como sendo apenas a primeira de muitas a alcançar. A nossa prática em certificações privadas, a nível nacional e internacional, e todos os conhecimentos que fomos adquirindo ao longo dos anos, ajudou sem dúvida no processo.

Da nossa experiência, tomar a decisão de avançar foi a primeira grande dificuldade, pois a criação de um negócio próprio tem implicações a nível pessoal e toda a estrutura familiar tem que estar preparada para tudo aquilo que possa vir. Além disso, um novo projeto implica estarmos focadas ao máximo. Tomada a decisão, o primeiro desafio foi analisar a nossa área de atuação e criar uma metodologia realmente completa e rigorosa, que trouxesse mais-valias tanto para as empresas como para os consumidores. A partir desse momento, deparamo-nos todos os dias com novos desafios, que só são possíveis de serem superados porque temos uma equipa muito profissional que acredita neste projeto tanto quanto nós próprias.

Acreditamos no potencial de quem trabalha connosco. E por isso, o nosso propósito foi encontrar as pessoas certas para nos ajudarem a liderar o projeto certo. Porque é disso que se trata. Quando estamos todos empenhados para o sucesso de um projeto, o resultado é o que está à vista. Alcançámos os objetivos a que nos propusemos e a trabalhar em equipa, com a energia certa, o nosso projeto cresceu e é cada vez mais reconhecido tanto pelas marcas como pelos consumidores.

Outro conselho importante: estejam atentos. É necessário olhar e ver as coisas com atenção, pois onde menos se espera podem estar oportunidades de crescimento. Aliás, isso é algo que aconteceu connosco. O Prémio Cinco Estrelas é focado no mercado nacional, mas ao trabalhar no terreno, sentimos que havia a necessidade das empresas de serviços e produtos regionais de qualidade superior se diferenciarem face às demais. Foi assim que nasceu o Prémio Cinco Estrelas Regiões, destinado a marcas portuguesas de presença regional. Este projeto avalia e distingue não só os produtos e serviços de excelência locais, mas também os ícones regionais portugueses, traçando um roteiro verdadeiramente cinco estrelas do melhor que existe em Portugal. Mas este é só um exemplo, temos atualmente outros projetos que nasceram da identificação de necessidades que fomos detetando nos consumidores.

Em jeito de conclusão: não é fácil, requer dedicação e muita persistência, mas quando temos uma ideia, um projeto no qual acreditamos, tudo é possível. É necessário pensar, fazer uma análise da área de interesse, incluindo oportunidades e desafios, e avançar. Rodeiem-se da equipa certa, das pessoas com a energia e o foco que vos ajudarão não só nos momentos fáceis, mas também difíceis, e por fim, estejam atentos a 100%, será útil não só para identificar possíveis problemáticas ao negócio, mas também para o ajudar a crescer e prosperar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four × four =