Empresa portuguesa instala hortas urbanas em escritórios

Promover as relações humanas e a sensibilização ecológica no regresso ao escritório

Foto de Afonso Sousa / Noocity.

Empresa portuguesa quer instalar hortas biológicas nos espaços de convívio dos escritórios. A Noocity, uma empresa do Porto está a desafiar as empresas para promoverem as relações humanas e a transição ecológica no regresso dos seus trabalhadores ao escritório, depois do desconfinamento.

Numa altura em que muitas empresas estão a redefinir os seus espaços de trabalho, em linha com as tendências de teletrabalho, espaços colaborativos e de networking que irão ditar o futuro, a Noocity defende que é altura também de promover hábitos mais sustentáveis e uma profunda ligação com a natureza, através de hortas low-tech, ecológicas e eficientes, contribuindo para um maior sentido de comunidade mesmo nas grandes cidades.

“A pandemia despertou as pessoas para uma nova mentalidade e para a necessidade de viverem uma vida mais consciente – e também mais ao ar livre. O futuro do trabalho será certamente mais flexível, onde os próprios espaços de convívio dentro das empresas se transformam e reinventam em prol do seu bem-estar – e as hortas serão um elemento fundamental de ligação e conexão com as nossas origens”, sublinha José Ruivo, fundador e CEO da Noocity.

José Ruivo, CEO da Noocity
José Ruivo (Noocity)

“A pandemia despertou as pessoas para uma vida mais consciente”

Com mais de 7.000 camas de cultivo vendidas em todo o mundo a empresa tem já um importante segmento de clientes corporativos, com empresas como a Microsoft e a Farfetch, ou ainda hotéis como o Sheraton, em Cascais. Em França, é responsável pela criação da maior horta urbana na capital parisiense, instalada na sede da UNESCO.

As hortas corporativas procuram envolver todos os colaboradores e promover a sua ligação com o campo, que tanto se sente falta na cidade. Com o seu programa “Liga-te à Terra”, a Noocity não só instala hortas nos espaços exteriores das empresas, como promove atividades regulares em torno das mesmas, com ênfase na ecologia, nas relações humanas e qualidade de vida no trabalho.

“Ao terem uma horta, as empresas estão a contribuir para dinamizar a sua comunidade através de uma colaboração transversal, mas também a incentivar a criação de rotinas saudáveis no local de trabalho, com pausas que permitam às pessoas descontrair, reduzir o stress e fomentar relações com a sua equipa. Acreditamos que, nas empresas do futuro, as pausas no trabalho serão à volta da horta e não só ao pé da máquina do café”, afirma José Ruivo.

Fundada em 2013, a Noocity é uma empresa portuguesa, do Porto, focada no desenvolvimento de produtos e serviços low-tech, inovadores, ecológicos e eficientes que permitam uma reconexão à natureza seja em casa, em empresas ou espaços colaborativos, como escolas, condomínios ou hotéis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twenty + fourteen =