Empresas de Viagens com Competências Avançadas em IA Lideram o Mercado

foto de Kamran Aydinov em Freepik

Estudo da BCG revela que empresas líderes têm 68% mais competências de IA do que concorrentes e destacam-se na gestão de recursos humanos.

As empresas líderes no setor do turismo possuem 68% mais competências de Inteligência Artificial (IA) em comparação com as concorrentes, de acordo com o estudo “Building the Travel Company of the Future” da Boston Consulting Group (BCG). Além disso, estas empresas oferecem 45% mais vantagens diferenciadas aos seus colaboradores, resultando em melhor desempenho no mercado, eficiência operacional e excelência no atendimento ao cliente.

No atual cenário de planeamento de viagens, influenciado por recomendações de influenciadores, avaliações online e anúncios personalizados, a IA tornou-se uma ferramenta essencial. O estudo revela que as empresas líderes no setor do turismo utilizam análises avançadas de dados e IA ao longo da cadeia de valor, proporcionando hiperpersonalização e otimizando a cadeia de fornecimento. Esta combinação de tecnologia avançada e talento humano confere-lhes uma vantagem competitiva significativa.

foto de Kamran Aydinov em Freepik

Para as empresas de viagens mais tradicionais que procuram melhorar a sua competitividade, a BCG recomenda seis estratégias inovadoras:

  1. Alinhamento de liderança e objetivos: Uma abordagem sistemática e alinhada pela gestão promove transformações de sucesso, inspirando equipas e fomentando a inovação;
  2. Desenvolvimento de estratégias diferenciadas: Utilizar a IA Generativa para melhorar as competências dos colaboradores e oferecer interações personalizadas com os clientes;
  3. Modelo operacional ágil: Implementar um modelo estratégico e tecnológico para acelerar a inovação e reduzir o tempo de lançamento de produtos no mercado;
  4. Cultura orientada para a inovação: Promover uma visão centrada na inovação, aceitando riscos e incentivando a colaboração e autonomia das equipas;
  5. Plataformas tecnológicas modernas: Estabelecer infraestruturas de dados robustas e modernizar sistemas para melhorar os serviços e resultados comerciais;
  6. Apostar na Inteligência Artificial: Reforçar a adoção da IA para gerir receitas e operações, aumentando a eficiência e personalização das interações com os clientes.

Ao adotar estas estratégias, as empresas de viagens mais atrasadas podem alcançar os líderes do setor, responder melhor às necessidades dos consumidores e manter-se competitivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × four =