Prémio Cinco Estrelas: Celebrando 10 Anos de Sucesso

Ana Lourenço e Débora Silva, fundadoras do Prémio Cinco Estrelas
Na foto: Ana Lourenço e Débora Silva, fundadoras do Prémio Cinco Estrelas.

Débora Santos Silva e Ana Cristina Lourenço são as criadoras do Prémio Cinco Estrelas, que agora assinala 10 anos de edições sucessivas. Em entrevista ao Empreendedor, as fundadoras partilham uma década de conquistas e reflexões destacando o crescimento notável alcançado pelo prémio e o seu contributo para a mudança na dinâmica entre marcas e consumidores.

O Prémio Cinco Estrelas é uma iniciativa que reconhece e distingue marcas e serviços considerados excelentes pelos consumidores em Portugal. Através de uma metodologia abrangente e rigorosa, o prémio avalia diversas áreas e categorias, destacando as melhores em termos de qualidade, satisfação do cliente e excelência geral. As marcas premiadas recebem o reconhecimento público através do selo de qualidade Cinco Estrelas, o que contribui para aumentar a sua reputação e confiança junto dos consumidores. Além disso, o Prémio Cinco Estrelas também oferece relatórios detalhados de avaliação que ajudam as marcas a identificar áreas de melhoria e aprimorar a sua oferta de produtos ou serviços.

Ao completar 10 anos de existência as duas fundadoras do Prémio Cinco Estrelas fazem uma análise sobre o percurso dessa iniciativa emblemática. Em declarações ao Empreendedor, Débora Santos Silva e Ana Cristina Lourenço evidenciam o crescimento constante do prémio, ressaltando o aumento significativo no número de marcas avaliadas e a crescente participação dos consumidores.

Imagem de PublicDomainPictures por Pixabay

Construindo Confiança dos Consumidores: O Impacto do Prémio Cinco Estrelas

Ao longo de uma década, o Prémio Cinco Estrelas experimentou um crescimento notável, tanto em termos de resultados como de reconhecimento. Com 97,9% de notoriedade total é atualmente o sistema de avaliação de produtos, serviços e marcas com maior reconhecimento entre portugueses. Em 10 anos já foram dados a conhecer ao mercado um total de 1.358 vencedores, entre marcas, personalidades e órgãos de comunicação social, participando nos testes e estudos cerca de 2 milhões de consumidores e avaliando 7.282 marcas no total. Contas feitas às 10 edições, registou-se um aumento de 450% no número de vencedores da primeira para a décima edição, e um aumento de 700% no número de candidaturas.

“Estes 10 anos foram muito intensos e cheios de experiências enriquecedoras”, sublinha Débora Santos Silva. “O contacto permanente com variadíssimas marcas, de setores tão diferentes, constituiu uma verdadeira master class. E naturalmente que nestes 10 anos o Prémio Cinco Estrelas evoluiu e acompanhou a evolução do mercado”.

“Em termos de resultados, todas as edições atingiram números superiores à edição anterior, em número de marcas avaliadas, de categorias formadas e de consumidores envolvidos. Atingimos a liderança em notoriedade total aos 5 anos atividade”, salienta. “Em plena pandemia, num momento em que muitas atividades pararam, o Prémio Cinco Estrelas foi o único sistema de avaliação de marcas que fez evento de entrega de prémios, juntando marcas, personalidades e órgãos de comunicação social num evento online”.

Também a abrangência do prémio se expandiu para incluir não apenas produtos e serviços, mas também o património e ícones regionais, promovendo a diversidade e riqueza cultural de Portugal. “Claramente faltava algo que desse a mesma oportunidade de avaliação e de premiação não só a produtos e serviços regionais, mas também a ícones do património natural e cultural que caracterizam as diferentes regiões do país. Assim surgiu o Prémio Cinco Estrelas Regiões, como uma evolução que se impunha, dada a riqueza regional deste nosso pequeno-grande país”, explica Ana Cristina Lourenço.

Além disso, a perceção das marcas sobre o prémio mudou, com elas reconhecendo o valor não apenas da validação pelos consumidores, mas também dos insights valiosos fornecidos pelos relatórios de avaliação, proporcionando benefícios tangíveis para as empresas participantes.

“As marcas que se consagram vencedoras obtêm um segundo nível de benefícios: Comunicação. Criam-se oportunidades únicas e diferenciadoras de comunicação que permitem à marca distinguir-se da concorrência, acrescentar prestígio e valor e reforçar a sua identidade de marca. Por outro lado, a comunicação tem impacto direto na performance das marcas, pois aumenta a sua visibilidade e credibilidade, e o seu poder de negociação junto de clientes e parceiros, reforçando a confiança dos consumidores e levando à repetição da compra e à recomendação”, acrescenta.

Comunidades de Clientes: para campanhas de marketing mais eficazes
Melhorar a experiência do consumidor (Foto: Canva)

Navegando nas Mudanças: Adaptando-se a um Mercado em Rápida Transformação

A relação entre marcas e consumidores passou por mudanças significativas, impulsionadas pela rápida evolução tecnológica e pelas crescentes expectativas dos consumidores. Os clientes hoje têm mais poder e procuram não apenas produtos e serviços de qualidade, mas também experiências personalizadas e marcas fortemente identificadas pela sua responsabilidade social ou ambiental.

“As redes sociais e o mundo digital ganharam um poder enorme na comunicação das marcas e desempenham um papel crucial junto dos consumidores, aumentando para as marcas o desafio de integração com o mundo físico. No geral, a relação entre consumidores e marcas em Portugal parece-nos evoluir no sentido de uma maior interação, transparência e personalização”, aponta Débora Silva.

“Mas o mercado é muito dinâmico os temas e os formatos de interesse hoje, poderão ser outros amanhã. As alterações políticas e sociais a que temos assistido, poderão alterar a dinâmica entre as marcas e os consumidores, e consequentemente nos produtos e serviços que as marcas disponibilizam no mercado”, alerta.

Uma das características mais importantes do Prémio Cinco Estrelas é o papel crucial que desempenha na construção da confiança dos consumidores, fornecendo uma referência objetiva para decisões de compra. A distinção do prémio indica que uma marca foi testada e avaliada pelos próprios consumidores, aumentando assim a credibilidade e confiança na qualidade do produto ou serviço.

“O Prémio Cinco Estrelas ajuda a diferenciar a marca, destacando-a como uma escolha superior, o que pode induzir os consumidores a optarem por uma marca que exibe esta distinção em detrimento de outras que não tenham recebido o mesmo reconhecimento, pois os consumidores tendem a confiar nas opiniões e avaliações de seus pares”, sublinha Ana Lourenço.

Ana Lourenço e Débora Silva, fundadoras do Prémio Cinco Estrelas
Na foto: Ana Lourenço e Débora Silva, fundadoras do Prémio Cinco Estrelas

Dinâmicas em Evolução: A Mudança na Relação entre Marcas e Consumidores

Segundo as fundadoras, a ideia de criar o Prémio Cinco Estrelas surgiu precisamente desta necessidade de proporcionar aos consumidores uma maneira fácil de identificar marcas de alta qualidade e excelência. A metodologia foi desenvolvida para avaliar cinco variáveis principais que influenciam as decisões de compra, adaptando-se a diferentes setores e categorias de produtos.

“Depois de vários anos a trabalharmos outros selos de certificação, sentimos a necessidade de apresentar ao mercado uma forma de identificar facilmente as marcas que forem consideradas mesmo muito boas, realmente 5 estrelas! E aqui nasceu a metodologia e o nome”, explica Débora Silva. “Identificámos 5 variáveis principais que influenciam as pessoas nas suas decisões de compra, depois criámos uma metodologia que ajuda os consumidores nas suas decisões e ajuda as marcas vencedoras na sua comunicação.”

Entre os critérios de avaliação estão as principais variáveis que influenciam a decisão de compra dos consumidores como a Satisfação pela Experimentação, Relação Preço-Qualidade, Intenção de Compra ou Recomendação, Confiança na Marca e Inovação. Quanto às Personalidades e Órgãos de Comunicação Social, estas são analisadas segundo as variáveis Notoriedade, Satisfação pela atividade que desempenham, Credibilidade e Inovação, além de uma característica adicional específica considerada como mais relevante em cada categoria.

Mas além de reconhecer as marcas vencedoras, o prémio também fornece feedback construtivo às marcas que não alcançaram a distinção, incentivando-as a melhorar sua performance e estabelecendo parcerias para auxiliar nesse processo.

“Logo com os resultados da 1ª edição, entendemos que poderíamos fazer mais. Na altura foram avaliados 132 candidatos, organizados em 61 categorias de consumo, de onde saíram 36 vencedores. Significa que houve 96 marcas não obtiveram o Prémio Cinco Estrelas. Ou seja, se estamos a ajudar as 36 marcas vencedoras a comunicar, havia quase o triplo de marcas que precisam de melhorar a sua performance junto dos consumidores. E aqui surgiu-nos um novo patamar que também se tornou um objetivo base: por um lado, fornecer às marcas um relatório de avaliação robusto que as ajude a identificar aspetos de melhoria”, recorda Ana Lourenço.

Em conclusão, o Prémio Cinco Estrelas representa não apenas uma celebração da excelência em Portugal, mas também uma ferramenta vital para marcas e consumidores. Ao longo de uma década, esta iniciativa tem destacado as melhores marcas e serviços, promovendo a comunicação empresarial junto dos consumidores. Ao mesmo tempo, os consumidores têm acesso a uma referência confiável que os ajuda a tomar decisões de compra informadas.

Atualmente está em curso o processo de candidatura para a edição de 2024. As marcas candidatas deverão estar presentes no território nacional, com acesso aos consumidores pelo menos em 4 das 7 regiões NIT II (Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira). Os interessados podem submeter a sua marca para avaliação, preenchendo o formulário no site.

Com um olhar para o futuro, o Prémio Cinco Estrelas continua a ser um farol de qualidade e excelência, moldando positivamente o cenário comercial em Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

17 − six =