Prémio João Vasconcelos ganha dimensão nacional

Foto: Cartaz do Prémio João Vasconcelos - Empreendedor do Ano

A Startup Lisboa abriu candidaturas para a segunda edição do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano e alargou o seu âmbito para empreendedores portugueses e estrangeiros com atividade em Portugal. As candidaturas estão abertas até dia 30 de agosto de 2020 e o prémio é de 10 mil euros.

O prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano foi criado pela Startup Lisboa em 2019, para homenagear João Vasconcelos, o primeiro diretor executivo da incubadora, e para promover um espírito empreendedor e de iniciativa, fomentar e promover a inovação e valorizar os empreendedores de acordo com o seu potencial do negócio e perfil de liderança.

Ao contrário da primeira edição, circunscrita à área de Lisboa, o prémio deste ano contemplará empreendedores com atividade em qualquer parte do país. “Acreditamos que ao abrir esta distinção a empreendedores em todo o país, ganhamos a oportunidade de descentralizar o prémio e ele sai seguramente mais valorizado”, explica Miguel Fontes, diretor executivo da Startup Lisboa.

O objetivo é apoiar empreendedores que se tenham destacado pelo seu desempenho na fase de criação ou de expansão dos seus negócios. Os critérios de avaliação das candidaturas são: visão e estratégia, resiliência, contributo para o ecossistema empreendedor nacional, liderança e gestão de equipa, crescimento e penetração internacional.

Poderão candidatar-se empreendedores ou equipas de empreendedores que tenham fundado uma startup em Portugal há menos de cinco anos e cujo negócio seja inovador, que incorpore tecnologia e que seja escalável.

“ao abrir esta distinção a empreendedores em todo o país, ganhamos a oportunidade de descentralizar”

Na edição do ano passado, do prémio foi atribuído a Daniela Braga, fundadora e CEO da DefinedCrowd, plataforma inteligente de dados para Inteligência Artificial e Machine Learning, nascida e incubada na Startup Lisboa. Daniela distinguiu-se pela sua capacidade de liderança da DefinedCrowd que deu provas de crescimento a vários níveis: na faturação, que multiplicou por dez, e na equipa, que passou de 30 para 140 colaboradores, distribuídos por quatro escritórios em três continentes.

O prémio será entregue a 25 de Setembro, dia em que decorrerá também o Demo Day da Startup Lisboa, evento anual onde as startups da incubadora se apresentam a investidores, órgãos de comunicação social e à comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × two =