Receitas Globais do Setor de Pagamentos em Crescimento Acelerado

Foto de gpointstudio em Freepik

O setor de pagamentos viu as suas receitas crescerem a uma taxa impressionante de 8,3% entre 2017 e 2022, atingindo a marca de 1,6 biliões de dólares em 2022. No entanto, um novo relatório da Boston Consulting Group (BCG) prevê um abrandamento, embora a taxa de crescimento anual estimada deva rondar os 6% entre 2023 e 2027. O relatório aponta que as empresas do setor estão a enfrentar desafios significativos, incluindo o crescimento da concorrência das fintechs e a comoditização dos serviços de pagamento.

Apesar dos desafios globais como a pandemia, perturbações na cadeia de abastecimento e tensões geopolíticas crescentes, o setor de pagamentos registou um notável crescimento nas receitas nos últimos cinco anos. De acordo com o “Global Payments Report 2023“, realizado pela Boston Consulting Group (BCG), as receitas do setor aumentaram 8,3% entre 2017 e 2022, atingindo a marca de 1,6 biliões de dólares em 2022.

No entanto, o relatório também aponta para uma desaceleração no horizonte. A BCG estima que a taxa de crescimento anual das receitas do setor diminuirá para 6,2% entre 2023 e 2027, elevando as receitas totais para impressionantes 2,2 biliões de dólares até o final desse período.

Ilustração de Storyset em Freepik

Yann Sénant, líder global do segmento de pagamentos e fintech da BCG, destaca que este é um momento crítico para as empresas do setor. Ele observa que o avanço da Inteligência Artificial (IA) Generativa tem o potencial de revolucionar mercado dos meios de pagamento.

“Este é o momento da verdade para adquirentes e prestadores de serviços comerciais, emissores, banca de grandes clientes e fornecedores de infraestruturas de pagamento”, afirma Yann Sénant, coautor do relatório. “Estamos à beira de uma revolução impulsionada pela Inteligência Artificial (IA) Generativa para o setor de pagamentos, com potencial para transformar as jornadas dos clientes e produtos mais bem direcionados, com potencial para melhores serviços e maior rentabilidade.”

Os últimos anos testemunharam o aumento da conversão de dinheiro em pagamentos eletrónicos, o crescimento de receitas não relacionadas com transações, como depósitos, a expansão do comércio digital e a implementação de infraestruturas de pagamento modernas.

O relatório projeta que as receitas relacionadas com transações continuarão a crescer, mas a uma taxa ligeiramente menor, de 7,1% até 2027. Isso é o resultado de uma mudança no mix de pagamentos, com os pagamentos digitais, entre contas de consumidores, previstos para ultrapassar os pagamentos com cartão até 2027. Além disso, as margens dos cartões estão a diminuir em alguns mercados.

Foto de David Dvořáček no Unsplash

As empresas do setor de pagamentos enfrentam diversas perturbações, incluindo o crescimento rápido dos pagamentos em tempo real, serviços de valor acrescentado e a crescente comoditização do processamento de pagamento. A concorrência também está a intensificar-se, com mais de 5 mil fintechs a operarem globalmente, representando cerca de 100 mil milhões de dólares das receitas totais do setor, com a perspetiva de atingir até 520 mil milhões de dólares até 2030.

O relatório da BCG oferece uma visão detalhada das perspetivas de crescimento do setor de pagamentos. Prevê-se um aumento nas receitas do setor de aquisição, com uma taxa de crescimento anual de 6,9% nos próximos cinco anos, elevando o conjunto de receitas globais para 100 mil milhões de dólares até ao final de 2027. No entanto, para os emitentes, o crescimento começará a abrandar, com uma estimativa de crescimento anual de 5,5%.

O setor bancário de transações, que atualmente representa um mercado global de 536 mil milhões de dólares, deverá crescer 6,6% ao ano, tornando-se um mercado de 738 mil milhões de dólares em 2027. Além disso, o relatório aponta para um rápido crescimento dos métodos de pagamento alternativos em comparação com os pagamentos com cartão, bem como o avanço das moedas digitais, que estão a tornar-se uma realidade em muitos países.

O setor de pagamentos enfrenta desafios, mas também oportunidades. O relatório destaca a necessidade de resiliência operacional, adoção de IA Generativa, gestão de riscos e conformidade eficazes e estratégias de fusões e aquisições bem planeadas como elementos cruciais para o sucesso das empresas neste cenário em evolução.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

16 − 2 =