Talkdesk lança ‘Agente Virtual’ para Contact Centers

Foto de Talkdesk

A Talkdesk, empresa de software na cloud para contact centers, anunciou um ambicioso programa para liderar a inovação na indústria dos contact centers em 2020 que consiste na introdução de 20 novos produtos no mercado nas primeiras 20 semanas do ano.

O ‘Talkdesk 20-in-20’ arranca com o Agente Virtual, um assistente de conversação por voz que utiliza inteligência artificial para melhorar a experiência do consumidor com aplicações de autoatendimento.

A empresa unicórnio portuguesa tem vindo a assumir-se como força disruptiva do setor através do seu rápido ritmo de inovação que, só ao longo dos últimos 18 meses, foi responsável por criar mais de 600 funcionalidades, tendo atingido o marco das 200 patentes submetidas em 100 dias.

O programa ‘Talkdesk 20-in-20’ baseia-se numa cadência constante de lançamentos de novos produtos que culminará na Opentalk 2020, evento de referência organizado pela Talkdesk totalmente dedicado à experiência do consumidor, que decorrerá nos dias 22 e 23 de abril em São Francisco, onde a empresa tem a sua sede.

“O mercado precisa desesperadamente de uma alternativa às soluções fragmentadas disponíveis atualmente no âmbito da experiência do consumidor”, sublinha Charanya Kannan, responsável de produto da Talkdesk. “O programa ‘Talkdesk 20-in-20’ vem dar um empurrão, introduzindo novos produtos que visam endereçar este dilema através de uma solução completa que estabelece um novo padrão para o setor dos contact centers”.

O Agente Virtual, que é o primeiro destes 20 lançamentos, permitirá às empresas atender os seus clientes pelo canal de voz mesmo fora do horário de expediente dos contact centers. Recorrendo a inteligência artificial, analisa as intenções do cliente e, de acordo com o tema, o tom e o sentimento que extrai da interação, interage conversacionalmente como se de um agente humano se tratasse.

Este produto dá a possibilidade aos clientes de resolver por si problemas comuns quando os agentes humanos não estão disponíveis ou para os libertar em períodos de maior tráfego, para que possam dar resposta a questões mais complexas. O Agente Virtual contribui, assim, para a redução de custos e para a otimização do envolvimento com os agentes humanos, melhorando, simultaneamente, a experiência do consumidor 24 horas por dia e a eficiência operacional do contact center.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five × 1 =