WeChat mantém o título mundial de marca com maior reputação

Foto de Adem AY no Unsplash

WeChat foi nomeada a marca mais forte do mundo pelo segundo ano consecutivo, no estudo da Brand Finance, com pontuação máxima de 93,3 em 100 e classificação AAA+.

A força da marca é avaliada anualmente pela consultora Brand Finance por meio de um scorecard de métricas que avaliam o investimento em marketing, o património das partes interessadas e o desempenho dos negócios.

Certificada pela ISO 20671, a avaliação do património das partes interessadas da Brand Finance incorpora dados originais de pesquisa de mercado de mais de 100.000 entrevistados em 35 países e quase 30 setores.

De acordo com esses critérios, o WeChat continua a ser a marca mais forte do mundo, mantendo o título pelo segundo ano consecutivo, com uma pontuação no Índice de Força da Marca (BSI) de 93,3 em 100 e uma classificação AAA+.

O WeChat é extremamente popular na China, onde desempenha um papel fundamental na vida cotidiana, com um conjunto abrangente de serviços que permite aos clientes enviar mensagens, fazer chamadas de vídeo, pedir comida e fazer compras. Também desempenhou um papel fundamental na luta do país contra o COVID-19, com mais de 700 milhões de pessoas usando seus serviços para agendar vacinas e testes. O enraizamento do aplicativo na vida das pessoas ajudou-o a alcançar fortes pontuações em reputação e consideração entre os consumidores chineses, de acordo com a pesquisa da Brand Finance.

Social media domina Top 5 da reputação

Em linha com a tendência observada no ranking de valor da marca, quatro das 5 marcas mais fortes provêm do setor dos media, em comparação com apenas duas antes do início da pandemia de COVID-19.

Juntando-se ao WeChat no topo do ranking está o Google, subindo para o 3º com uma impressionante pontuação BSI de 93,3, seguido de perto pela marca Alphabet, sua parceira. YouTube, que subiu para 4º com uma pontuação BSI de 93,2. A marca sul-coreana Naver completa as marcas de media no top 5 das mais notáveis do mundo.

Foto de Christian Wiediger no Unsplash

A reputação da marca não deve ser confundida com o valor da marca, que é o ranking principal do relatório da Brand Finance. O valor é entendido como o benefício económico líquido que um proprietário de marca obteria ao licenciar a sua marca no mercado aberto, enquanto a força ou reputação, está relacionada com a afinidade e confiança dos consumidores.

Estes rankings estão incluídos no relatório anual Brand Finance Global 500, realizado pela a consultora líder em avaliação de marcas Brand Finance a partir do teste a 5.000 das maiores marcas em todos os setores e países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

8 + 8 =