Você aplica o que estuda?

Aprendendo a aprender
Foto: Pixabay

Depois de entender que você deve estar sempre pronto para aprender e aperfeiçoar seu desempenho – e que isso se faz com estudo e dedicação – você deve estar pronto para não cair numa armadilha comum: a da hiperinformatividade.

Há muita gente que não tem problemas em procurar especialização, cursos, e que, inclusive, esforça-se para sempre estar bem informado e atualizado sobre sua área de negócios. Essas pessoas são figuras carimbadas em workshops, palestras, minicursos e, muitas vezes, têm mais de uma formação. No entanto, elas dificilmente saem do lugar-comum ou, quando saem, não se destacam e mudam de rumo. Por que isso acontece?

Essa é a crise da hiperinformatividade, muito comum no mundo atual, no qual as pessoas estão constantemente buscando novidades e informações. Tudo diz que devemos buscar mais, estarmos mais atentos, ter mais domínio de mais assuntos e atingir mais nichos. Contudo, de nada adianta ter mais conhecimento se ele não é aplicado em algum sentido na sua vida ou negócio.

a hiperinformatividade é quando as pessoas estão constantemente buscando novidades e informações

Pense bem: de que adianta assistir a quatro palestras por semana sobre estratégias de vendas se você não aplica o que aprendeu no seu negócio, ou se você não cuida dessa parte do seu negócio e também não consegue passar o que aprendeu às pessoas que trabalham para você nas vendas?

Se você não costuma nem lembrar o tema do último livro que leu, talvez precise revisar como tem sido seu processo de aprendizagem e, em vez de buscar mais assuntos para conhecer, deva reler, ouvir de novo e refletir sobre tudo que tem recebido de forma crítica e prática.

Entenda melhor o que você estuda, pois, caso contrário, seu tempo será perdido e, em vez de aprender, o seu conhecimento e informações, são inúteis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

16 + 19 =