5 dicas para o pequeno investidor comprar um imóvel para remodelar

Foto de Sorapong Chaipanya em Pexels

As boas oportunidades no mercado imobiliário são cada vez mais escassas. Num momento em que o mercado se encontra incrivelmente agitado e com investidores esfomeados por imóveis, a compra de um imóvel para remodelar é difícil de acontecer pois a procura é muito elevada. Nesta frente, a negociação para determinados imóveis pode até nem ser possível, pois o mercado absorve essa possibilidade com várias ofertas lançadas e com valores muitas vezes acima do asking price.

Desde há muito que a confiança nos ativos imobiliários é um refúgio para investidores e comprar imóvel para remodelar continua a ser visto como um grande potencial de valorização. Os imóveis são bens tangíveis que valorizam com o tempo, não tão suscetíveis a desvalorizações inesperadas de produtos financeiros.

Quem procura um imóvel para reformar tem sempre muitas dúvidas se é ou não o momento, o imóvel certo para arriscar.

Para garantir que a compra é bem-sucedida, é necessário aprofundar mais no assunto e aprender a identificar as boas oportunidades. Nesse momento, ter o auxílio de um especialista é fundamental. Falámos com a equipa de arquitetos da spacelovers, que trabalha diariamente com investimentos imobiliários, com construção nova e com obras de remodelações de imóveis.

Preparámos este artigo para deixar algumas dicas de comprar para remodelar e no que prestar atenção para fazer um ótimo negócio neste setor.

Foto de Maria Ziegler em Unsplash

1 | Manter o foco no objetivo

O mais importante é que mantenha o seu objetivo para determinado imóvel e não desate a subir a oferta para ganhar a compra. Este ponto pode parecer básico, mas num cenário de ofertas em catadupa entra-se facilmente no modo estímulo de jogo e pode entusiasmar-se.

Ora este é certamente um ponto e evitar, pois o bom negócio imobiliário de revenda faz-se logo na compra e, se deixar de ter uma determinada folga para a realização de obras de remodelação, será um insucesso no seu investimento.

Considerar a ideia de comprar um imóvel para remodelar, pode ter vários fins:

  • Comprar para revenda (com valorização por remodelação);
  • Comprar para arrendamento / short-rental;
  • E comprar para uso próprio.

Certamente que se a intenção é morar no imóvel, o investimento é revestido de “sentimento” e a obra provavelmente terá um custo mais elevado, pois terá de garantir mais conforto e personalização para o seu próprio uso.

Foto de Ksenia Chernaya em Pexels

2 | Analisar o estado de conservação e custo de obra

Se a ideia é realizar uma remodelação superficial para vender o imóvel, o gasto é menor. Mas será que o imóvel que pretende adquirir tem essas características?

Se for o caso de pinturas interiores ou meramente a troca de revestimentos e de colocação de novos armários, o investimento tem um melhor custo-benefício. Agora se a intervenção abrange alterações estruturais em vez do seu reaproveitamento, analise a estrutura de imediato, e avalie se esta pode ser reaproveitada e economize algum dinheiro com esta estratégia.

Na verdade, quanto mais puder ser mantido, melhor. Aqui o balanço entre o “velho e novo” é um aspeto relevante para garantir a valorização exata de determinada propriedade.

3 | Alargar o raio de pesquisa para zonas menos procuradas

Ao expandir a área de procura consegue estabelecer conhecimento com zonas que podem ser mais afastadas dos grandes centros, mas que conseguem ter ainda uma grande margem de progressão.

Relembramos que mesmo zonas mais interiores e próximas de médias cidades estão a ser atrativas para mercados estrangeiro e isso pode ser uma excelente oportunidade para o pequeno investidor conseguir catapultar a valorização com menos capital investido.

Nestas zonas existe ainda a vantagem de com os devidos cuidados e atenção aos detalhes, conseguir estabelecer uma negociação e ser muito vantajosa. Estas zonas podem ainda trazer preços mais baixos para obras de remodelação, sobretudo na mão-de-obra.

Foto de Kampus Production em Pexels

4 | Assegurar que o imóvel tem margem para valorização

As casas mais antigas costumam ter uma estrutura em madeira e paredes interiores auto-portantes que podem ser necessárias manter, inviabilizando a criação de open spaces tão procurados nos layouts atualmente.

Antes de concretizar o negócio é preciso verificar se a obra que pretende executar é permitida pelas entidades licenciadoras e se eventualmente necessitar de obter licença ou se é uma obra isenta de controlo prévio.

Por isso, procure um arquiteto, antes de desenvolver a obra, para que possa esclarecer as regras e os regulamentos em vigor.

Além de todos esses passos, é o importante garanta um bom planeamento para a obra, assim como ter um orçamento sério para a execução dos trabalhos de construção. Comprar um imóvel para remodelar pode ser um ótimo negócio, se conseguir fazer as obras certas, escolher os materiais acertados e potenciar uma venda valorizada e atrativa.

5 | Garantir o menor valor de aquisição e de obra

Um imóvel que necessita de obras tem normalmente um preço mais atrativo do que os demais imóveis em venda. Além disso, existe eventualmente a possibilidade de negociar melhores condições de compra, considerando a idade do imóvel e as suas condições e ainda obter benefícios fiscais com a realização de obras de reabilitação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

six + two =