7 dicas para não cair em armadilhas quando comprar uma franquia

Imagem de Free-Photos por Pixabay

Comprar uma franquia pode ser uma oportunidade grande de sucesso, mas também pode ser um fracasso total, se você não tomar as decisões certas ou cair numa armadilha.

Algumas empresas de franquia realmente oferecem ótimos programas de formação e dão suporte operacional. No entanto, outras franqueadoras não se comprometem e nem têm recursos suficientes.

Além disso, alguns conceitos de franquia combinam muito bem com um tipo específico de habilidades e pontos fortes que você pode levar para o negócio, contribuindo para o sucesso.

Por isso, se quiser saber alguns erros comuns e como evitar cair em algumas rasteiras na hora de escolher a sua franquia, continue a ler:

franquias de perfumaria podem ser oportunidades de negócio
Imagem de Photo Mix por Pixabay

1 – Não explorar outras opções de negócio

Quando se olha as oportunidades de franquia, muitos novatos são atraídos facilmente pelas marcas grandes e que são muito conhecidas. E isso faz com que percam ótimas oportunidades de desenvolver negócios melhores que podem ser mais baratos, mas com um ótimo desempenho financeiro.

É importante lembrar que o setor de franquia vai além de restaurantes e lojas. Os negócios de alimentação e comércio representam apenas uma fatia do mercado de franquia. As oportunidades de franquia podem ser encontradas em diversos setores e incluem até mesmo educação, marketing, condicionamento físico e serviços automotivos, por exemplo.

Por isso, um dos grandes erros que pode cometer é não considerar essas outras alternativas menores, com valores mais baratos mas que ainda vão fazer o seu negócio atingir o objetivo.

2 – Saiba Escolher Corretamente o Segmento da Franquia

Depois de entender que existem diferentes opções de negócios de franquia, com segmentos diferentes, também é importante escolher o certo para si.

Ter afinidade com o segmento escolhido é fundamental para que seja mais simples o processo inicial de familiarização com a marca e com a rotina do produto. Além disso, existem alguns segmentos que estão crescendo, especialmente o mercado de franquias de cafeterias.

O café é uma das bebidas mais populares e ninguém resiste em tomar um café especial num ambiente de cafeteria, por isso, o segmento continua crescendo. Caso você deseje saber mais sobre as franquias de cafeteria, a dica é acessar o maior portal desse segmento, clicando no seguinte link: franquiadecafeteria.com.

Padaria pode ser uma franquia
Imagem de Alterio Felines por Pixabay

3 – Não pesquisar bem o mercado

Depois de encontrar o tipo de franquia desejada, é normal ficar muito entusiasmado e deixar de lado a pesquisa de mercado.

Algumas franquias parecem perfeitas quando vistas de longe, mas podem não ser realmente o que oferecem depois de investigadas com cuidado. Principalmente, depois de conversar com franqueados existentes. Os franqueados existentes fornecem informações e dão uma perceção em primeira mão, incluindo a forma como o negócio é gerido, além das tarefas diárias envolvidas.

Ao fazer uma escolha, investigue bem a franquia conversando com franqueados diferentes, incluindo uma variedade de alto, médio e baixo desempenho para ter uma visão bem diversificada.

4 – Subestimando o fluxo de caixa

É muito importante entender que uma empresa não vai gerar lucros logo no começo. Normalmente, não há nenhum lucro percetível nos primeiros 18 meses.

Como há diferentes franquias, elas atingem o ponto de equilíbrio em momentos diferentes, antes de começar a trazer lucro. Por isso, é necessário ter fundo de maneio suficiente para cobrir os custos operacionais, mas também as suas próprias despesas pessoais.

Muitas pessoas acabam apaixonando-se pela primeira oportunidade de franquia, com a qual se interessam, e não veem outras possibilidades disponíveis, para comparar conceitos diferentes e garantir que fizeram a melhor escolha.

Talão saindo de uma máquina registadora
Imagem de Photo Mix por Pixabay

5 – Tomar decisões com informações insuficientes

É importante ter a certeza de que conseguiu reunir todas as informações suficientes em relação a uma oportunidade de franquia antes de tomar a decisão de comprá-la.

Fazer uma boa pesquisa de mercado garante que você tenha informações suficientes para tomar uma decisão. Lembre-se que é muito dinheiro investido, além de tempo e energia para o negócio funcionar. Então, invista previamente numa comparação exaustiva sobre as opções de negócio disponíveis.

6 – Nenhuma compreensão do potencial de ganho

É fundamental ter clareza em relação ao potencial de ganho de qualquer franquia que deseja comprar. Isso garante que tenha clareza sobre os dados comerciais, de maneira sólida e sem estimativas.

Converse com os outros franqueados para descobrir qual é a renda real que possuem, comparando com as projeções de renda que recebeu. Através da experiência transmitida pelos franqueados, é melhor para entender se esses ganhos fazem sentido para o seu momento atual financeiramente.

Além disso, convém saber muito bem como esses termos estão referenciados no contrato, procurando ajuda especializada para ler e entender mais sobre as alternativas disponíveis.

7 – Sem planeamento de negócios

Só porque decidiu que vai comprar uma franquia com sistema pronto e procedimentos existentes, não quer dizer que você não precisa de um plano de negócios.

O plano de negócio vai ajudá-lo a manter o controlo sobre o que ainda é necessário fazer e também como se programa para isso. Também é muito importante que você tenha a certeza sobre o tempo e os recursos necessários para que a sua franquia seja um sucesso.

Franquia de marca de gelados num centro comercial
Imagem de icsilviu por Pixabay

Conclusão

Comprar uma franquia é realmente uma ótima opção de investimento, garantindo ótimos retorno com o melhor suporte. No entanto, se não for feita uma boa pesquisa sobre os principais segmentos de franquia, e quais as melhores opções de cada área, fica mais complicado fazer uma escolha certa.

Vale a pena passar um tempo analisando as opções de franquias disponíveis, entender melhor sobre o segmento e também conversar com franqueados para entender a perceção deles. Além disso, não se esqueça de fazer um bom plano de negócios para estimar a quantidade de capital disponível e gerir os seus ganhos e gastos para não ficar com prejuízo.

Ao evitar cair nessas armadilhas mais comuns das franquias, você certamente aumenta as suas oportunidades de sucesso com a franquia que decidir escolher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × one =