Delta Cafés lidera Top 20 das empresas mais atrativas para trabalhar

Foto de Randstad

Delta Cafés foi eleita a empresa mais atrativa para trabalhar em Portugal, destacando-se em critérios como a saúde financeira, muito boa reputação e estabilidade profissional. O estudo anual da Randstad aponta ainda o sector das Tecnologias de Informação como o mais atrativo para trabalhar de acordo com a opinião dos portugueses.

Segundo o estudo Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021, a Delta lidera a lista das empresas mais atrativas para os trabalhadores portugueses. A pesquisa realizada pela Kantar para Randstad é o maior estudo independente de employer branding e analisa anualmente as principais tendências do mercado de trabalho e dá a conhecer as empresas e sectores mais atrativos para trabalhar em 34 países, incluindo Portugal.

Na edição deste ano, a Delta Cafés ficou no primeiro lugar do top 20 de empregadores, uma subida de 5 posições face aos resultados de 2020.

“Os resultados deste ano já refletem o impacto da pandemia na perceção dos portugueses, dando destaque a marcas que se mostraram muito ativas e próximas dos seus colaboradores, como é o caso da Delta Cafés. No mesmo sentido e apesar do impacto da pandemia em sectores como o turismo e aviação vemos algumas destas marcas ‘sobreviver’ a este embate pela forma como geriram a crise”, afirma José Miguel Leonardo, CEO da Randstad Portugal.

“É com grande orgulho que vemos a Delta Cafés ser reconhecida como a empresa mais atrativa para trabalhar, de acordo com o Randstad Employer Brand Research 2021. Num ano tão desafiante como foi o de 2020, e que continua a ser 2021, o bem-estar e a segurança de quem trabalha connosco tem sido a nossa maior preocupação. Sentir que as iniciativas implementadas não só deram resultados mas que também são reconhecidas pela maioria dos portugueses, deixa-nos a responsabilidade acrescida de fazer mais e melhor no desenvolvimento e crescimento das nossas pessoas”, afirma Rui Miguel Nabeiro Administrador do Grupo Nabeiro – Delta Cafés.

Imagem de LTD EHU por Pixabay

A lista completa do top-20 das empresas mais atrativas para trabalhar é a seguinte:

  1. Delta Cafés
  2. ANA – Aeroportos de Portugal
  3. PWC
  4. OGMA – indústria aeronáutica de Portugal
  5. RTP – Rádio e Televisão de Portugal
  6. Ikea Portugal
  7. Banco de Portugal
  8. Nestlé
  9. Nokia
  10. Farfetch
  11. Deloitte
  12. Volkswagen Group Services
  13. Corticeira Amorim
  14. Fujitsu Technology Solutions
  15. Siemens
  16. TAP – Transportes Aéreos Portugueses
  17. The Navigator Company
  18. Bosch
  19. Critical Software
  20. EDP

Quais os sectores e as empresas mais atrativas para trabalhar?

Segundo o estudo Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021, os sectores mais atrativos para trabalhar em Portugal são IT e consultoria, saúde e turismo, acomodação e lazer.

Atração e notoriedade. Fonte: Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021

Analisadas por setor, as empresas mais atrativas para trabalhar são as seguintes:

Setor Automóvel1- Grupo Salvador Caetano; 2 – Volkswagen Autoeuropa; 3 – Peugeot Citröen.
Setor Aviação1 ANA – Aeroportos de Portugal; 2 OGMA – indústria aeronáutica de Portugal; 3 TAP – Transportes Aéreos Portugueses.
Setor da Banca1 – Banco de Portugal; 2 – Caixa Geral de Depósitos; 3 – Santander.
Setor Construção1 – Afavias – Engenharia e Construções; 2 – Conduril – Engenharia; 3 – Casais – Engenharia e Construção.
Setor Consultoria1 – PWC; 2 – Deloitte; 3 – Fujitsu Technology Solutions.
Setor Distribuição1 – Lidl; 2 – Jerónimo Martins; 3 – Modelo Continente.
Setor da Energia1 – EDP; 2 – EFACEC; 3 – Galp.
Setor FMCG e Indústria Alimentar1 – Delta Cafés; 2 – Nestlé; 3 – Sumol+Compal.
Setor da Indústria1 – Corticeira Amorim;  2 – The Navigator Company; 3 – Bosch.
Setor da Indústria Têxtil e do Calçado1 – Grupo MoreTextile (Home Concept); 2 – Gabor Portugal – Indústria de Calçado; 3 – Ecco.
Setor de Media1 – RTP – Rádio e Televisão de Portugal; 2 – Media Capital;  3 – Cofina.
Setor de Restaurantes e Catering1 – Grupo Trivalor; 2 – Uniself – Sociedade de Restaurantes; 3 – Grupo Ibersol.
Setor do Retalho1 – Ikea Portugal; 2 – Fnac; 3 – Decathlon.
Setor da Saúde1 – Nephrocare;  2 – Hospital da Luz;  3 – Hovione.
Setor dos Serviços1 – Volkswagen Group Services; 2 – Grupo BenSaude; 3 – Sonae.
Setor dos Seguros1 – Tranquilidade; 2 – Fidelidade – Companhia de Seguros; 3 – Generali,
Setor de Tecnologias de Informação1 – Nokia; 2 – Farfetch; 3 – Siemens.
Setor de Telecomunicações1 – Vodafone; 2 – MEO; 3 – NOS.
Setor dos Transportes1 – Patinter – Portuguesa de Automóveis Transportadores; 2 – DHL; 3 – Luís Simões.
Setor do Turismo, Acomodação e Lazer1 – Pestana Hotel Group; 2 – Hotéis Real; 3 – Vila Galé.
Fonte: Randstad Employer Brand Research (REBR) 2021

O estudo distinguiu ainda a Microsoft como a primeira empresa a fazer parte do hall of fame do Randstad Employer Brand Research Portugal. O facto da tecnológica ter sido vencedora do estudo vários anos, levou a que fosse reconhecida como uma melhor prática, assumindo um lugar de destaque e de caso de estudo de employer brand.

“O employer brand é uma estratégia a médio e longo prazo, uma empresa que é distinguida em primeiro lugar três vezes revela que tem no seu ADN uma proposta de valor e os colaboradores como centro de decisão. Queremos assim dar os parabéns à Microsoft por esta distinção e esperamos que mais empresas se possam juntar a este reconhecimento no futuro” afirma Inês Veloso, diretora de marketing e comunicação da Randstad Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

fifteen + 20 =