Saldos disparam reclamações

Foto de Karolina Grabowska em Pexels

Em quinze dias, as reclamações relacionadas com os saldos registaram um aumento na ordem dos 62%, em relação ao período homólogo. Segundo uma pesquisa do Portal da Queixa a categoria Compras, Moda e Joalharia foi a mais reclamada. Problemas com a troca ou com o reembolso da compra são os principais motivos de queixa dos consumidores.

Entre o dia 26 de dezembro de 2022 e o dia 10 de janeiro de 2023, chegaram ao Portal da Queixa 1.525 reclamações dos consumidores relacionadas com os saldos, verificando-se um crescimento de 62% em comparação com o período homólogo, quando foram registadas 940 queixas. 

Na primeira quinzena da época de saldos, as categorias com maior volume de reclamações foram Compras, Moda e Joalharia, a absorver 571 queixas (37% do total) e a categoria Informática, Tecnologia e Som, a recolher 474 reclamações (31%).

Segundo indica a análise efetuada, entre os principais motivos de reclamação estão: problemas com a troca ou reembolso de compras (41%); atraso na entrega da encomenda (25%) e encomendas incompletas ou em mau estado (9%).

Também o número de burlas em compras online aumentou, representando 13% do total das reclamações, com mais de 200 queixas em apenas quinze dias. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 + 14 =