A Importância da Felicidade no Trabalho para o Bem-Estar e Desempenho Profissional

Felicidade dos colaboradores
Foto de Freepik

No Dia Internacional da Felicidade, que se celebra hoje, 20 de março, a GoodHabitz destaca para os leitores do Empreendedor a crescente importância da felicidade e do bem-estar laboral para os profissionais, sublinhando a necessidade de as empresas promoverem um ambiente saudável e produtivo que contribua para a satisfação dos colaboradores.

De acordo com um estudo recente da GoodHabitz, multinacional especializada em formação online, 86% dos profissionais inquiridos afirmam que a felicidade no trabalho afeta diretamente o seu bem-estar geral. Diante deste cenário, a GoodHabitz propõe cinco estratégias que as empresas podem adotar para aumentar a felicidade dos seus colaboradores no contexto laboral:

1 | Oferecer Oportunidades de Desenvolvimento Pessoal e Profissional: Investir em formações contínuas demonstra o compromisso da empresa com o crescimento dos seus colaboradores, capacitando-os para o sucesso e aumentando o sentimento de realização profissional.

2 | Fomentar a Comunicação Transparente: Uma comunicação aberta e transparente permite aos profissionais expressar livremente as suas opiniões e preocupações, contribuindo para um ambiente de trabalho positivo e construtivo.

Felicidade dos colaboradores
Foto de Freepik

3 | Promover o Equilíbrio entre Vida Pessoal e Profissional: A implementação de políticas que promovam o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, como horários flexíveis e modelos de trabalho híbrido, atende às necessidades das novas gerações de trabalhadores e promove a felicidade no trabalho.

4 | Oferecer Benefícios e Incentivos: Além dos salários competitivos, os programas de benefícios como seguros de saúde, bem-estar e bónus de produtividade são estratégias eficazes para promover a felicidade dos colaboradores.

5 | Promover Políticas de Diversidade e Inclusão: A promoção da diversidade e inclusão cria um ambiente acolhedor e respeitador para todos os colaboradores, refletindo as prioridades da nova geração de profissionais.

“A felicidade e o bem-estar dos profissionais são fatores essenciais para a eficiência e produtividade das empresas. Implementar medidas que promovam esses valores deve ser uma prioridade estratégica para todas as organizações”, destaca Cláudia Cerqueira, Customer Success Manager e Coach da GoodHabitz.

Investir na felicidade dos colaboradores não só beneficia individualmente cada profissional, mas também contribui para o sucesso e sustentabilidade das organizações. Ao criar um ambiente de trabalho baseado em transparência, reconhecimento, equilíbrio e desenvolvimento, as empresas estabelecem as bases para uma força de trabalho motivada e produtiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

11 − 9 =