Alinhar o talento à cultura da Organização

Criar uma nova cultura organizacional
Foto: Pixabay

É fundamental nos mercados competitivos que as organizações tenham uma cultura forte, pois é a cultura que fortalece a identidade organizacional, trazendo o cunho pessoal para o negócio, reforçando valores, princípios, marcas e diferenciando iniciativas. Neste contexto, a identidade de uma organização é tão importante que por si só, atrai e retém colaboradores, clientes e todos os stakeholders.

É com esta perspectiva que a liderança deve ter um papel ativo na transmissão eficaz da cultura da organização, sendo por isso da sua responsabilidade a difusão e engagement da mesma, tanto internamente como externamente.

Todavia, a cultura organizacional deve ser ensinada aos colaboradores e não imposta. O papel da formação destes lideres como embaixadores da cultura organizacional de que fazem parte, é de extrema importância servindo de amplificador dessa cultura, desde a seleção e recrutamento do talento, ao seu desenvolvimento e outplacement.

Cada colaborador influencia a cultura da organização, e são eles que a propagam em todas as direções. O alinhamento continuo dos colaboradores à cultura da organização através de formação é, por isso, fundamental. A formação deve ter um papel vivencial e dinâmico na aprendizagem e reciclagem do conhecimento e do desenvolvimento de competências comportamentais, com metodologias ativas e práticas.

Lideres e equipas ficam comprometidos com a cultura da organização através de programas de formação consistentes e que permitam personificar de forma aprofundada a marca da organização em que se encontram, criando-se assim ambientes sólidos com valor e de sucesso para todos os envolvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

13 + 11 =