Insights para uma gestão de Sucesso

Desenvolva a habilidade de ter insights
Foto de Matheus Bertelli em Pexels

Antes de começarmos, é importante explicar, desde logo, o significado da palavra insight. O conceito vem do inglês e significa: capacidade de obter uma compreensão intuitiva precisa e profunda de uma pessoa ou coisa.

É como trazer uma ideia, uma estratégia do subconsciente para o nível da consciência.

Todos temos insights, mas estes são ainda mais importantes para quem assume a responsabilidade máxima na condução de uma empresa. Estou a falar da equipa de gestão ou administração.

Existem pessoas que associam o insight a uma perceção profunda, mas a verdade é que nem sempre são assim. Muitas vezes ocorre como na segunda definição apresentada anteriormente, trazendo uma perceção a respeito de algo simples, mas, ao mesmo tempo, relevante.

Então quais são os benefícios dos insights?

Desenvolver a habilidade de ter insights é bastante positivo. Treinar a nossa mente para que ela trabalhe a nosso favor e aprenda a selecionar pequenas ideias para as transformar em inovações – e, portanto, em soluções para problemas – é incrível. Desde logo:

  • Maior facilidade para observar situações sob diferentes ângulos;
  • Ter ideias quando menos se espera e não necessariamente para o problema em mãos;
  • Maior estímulo à nossa a criatividade através da busca de soluções para problemas;
  • Aumento da perceção em relação a detalhes que poderiam facilmente passar despercebidos.

E muitos outros benefícios…

Foto de Lil Artsy em Pexels

Deixo algumas formas de dominar esta habilidade para que possa ter ideias de forma inesperada:

1 – Adote o hábito de observar o mundo ao seu redor

Se os insights surgem através da junção de pensamentos, consciente e inconscientes, para tê-los com mais frequência é preciso construir uma bagagem de informação e a observação é uma ótima maneira de fazer isso. Quanto mais observar e conhecer profundamente a sua empresa, o seu ambiente de trabalho e os objetos que os compõem, melhor saberá utilizá-los para ter boas ideias.

2 – Experimente outras maneiras de realizar atividades no seu dia-a-dia

Quando uma pessoa realiza todos os dias as mesmas atividades, da mesma maneira, a mente acomoda-se e não tem ideias inovadoras. Tal como os nossos músculos, também a mente precisa de estímulos constantes. Portanto, para evitar entrar nesse ciclo de repetição e automatismos, é interessante começar a experimentar outras maneiras de realizar as tarefas, tanto em casa como na empresa.

A cada esforço extra que a sua mente faz, desenvolve a habilidade de perceber além do óbvio. Isso sem contar que poderá encontrar formas mais eficientes e práticas de fazer várias coisas, aumentando sua produtividade.

Foto de Monstera em Pexels

3 – Quanto tiver um insight, analise como pode colocá-lo em prática

Ter insights é realmente ótimo, mas eles só ganham valor quando são colocados em prática. Então, sempre que tiver um momento “eureka”, pense no que pode fazer para transformar a ideia em realidade. Isso vale tanto para algo relacionado para uma receita que está a preparar na cozinha como para um projeto de trabalho, não importa a relevância do que pensou e sim o fato de ter pensado.

4 – Adote o hábito de pesquisar sobre assuntos diversos

Curiosidade e habilidade de ter insights andam juntos, porque quanto mais interesse tiver em procurar novos conhecimentos, quanto mais ler, maiores são as hipóteses de ter boas ideias. Portanto, sempre que tiver uma dúvida, em vez de perguntar a alguém, procure a resposta. A internet é uma ferramenta fantástica para isso, faça um bom uso dela!

Foto de Leoohigh em Pexels

5 – Saiba a hora de parar e descansar

Muitas vezes, o insight sobre determinado assunto surge quando já não está focado nele. Então, quando estiver à procura de uma ideia sobre algo específico, evite pensar naquilo horas a fio – o equilíbrio é necessário também aqui – e tire um tempo para descansar. Pode ser que, quando menos esperar, uma lâmpada se acenda na sua cabeça.

6 – Anote as ideias que surgirem na sua mente

Manter um bloco de notas sempre à mão ou usar um aplicativo no telemóvel com essa função é algo bastante interessante a fazer. Assim, poderá anotar as ideias que surgirem em momentos inusitados, como antes de dormir, logo após acordar, durante o banho. Às vezes, um insight não vem pronto e o fato de anotá-lo, permite que tenha mais clareza em relação a ele e o aperfeiçoe.

7 – Experimente coisas novas

Lembra-se da dica número dois, de experimentar formas diferentes de realizar as suas atividades quotidianas? Aqui, a ideia segue essa mesma linha, mas é voltada totalmente para o novo. Se costuma sempre seguir pelo mesmo caminho para ir ao trabalho, ir aos mesmos restaurantes, assistir aos mesmos estilos de filmes, comece a voltar-se mais para o desconhecido. Sair da zona de conforto é um ótimo estimulante mental.

Foto de Miguel Á. Padriñán em Pexels

8 – Se uma ideia der errado, adapte

Nem sempre os seus insights trarão ideias incríveis e com soluções perfeitas para os seus problemas. Contudo, é sempre possível adaptar, por mais que uma ideia não tenha sido tão eficaz, ela pode servir para outra situação ou de outra maneira. Aqui, mais uma vez entra a dica do bloco de notas, manter um registo é bom para organizar as ideias e evitar esquecer-se delas.

9 – Consuma conteúdos que estimulem sua criatividade

À conta da internet e das redes sociais consumimos uma quantidade muito grande de informação todos os dias, muita dela sem qualquer tipo de valor, o que também contribui para termos insights com menos frequência. Por outro lado, para que isso ocorra mais vezes, é importante sabermos escolher o tipo de conteúdo consumido. Dê preferência para filmes, séries, livros, revistas e até perfis das redes sociais que o façam pensar e estimulem a sua criatividade.

Foto de Yan Krukov em Pexels

10 – Não se julgue ou limite-se

Voltando um pouco para aspetos emocionais e comportamentais, é fundamental que evite julgar-se ou limitar-se. Se fizer isso, poderá causar bloqueios internos que impedirão a sua mente de fluir e, consequentemente, o surgimento de insights. Não se julgue, não se compare, não tenha vergonha das suas ideias. Se uma não foi tão boa, outra melhor irá surgir, desde que não se limite.

Se os membros de uma equipa pensarem todos assim, e juntarmos a tudo isto, amizade, cumplicidade e competência, alcançaremos mais facilmente o sucesso das nossas equipas e portanto, da nossa empresa.

Lembre-se: é preciso correr, mas temos de saber para onde!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

1 × four =